COMPORTAMENTO
05/01/2015 10:21 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

As piores coisas que você pode fazer enquanto espera na fila, de acordo com as regras de etiqueta

Charles Hewitt via Getty Images

Ficar na fila: um simples ato que não tem como dar errado, certo? Errado. É surpreendente a facilidade com que uma fila ordenada pode, de repente, se transformar em caos. (Basta olhar as multidões que se aglomeram nas vendas da Black Friday ou das liquidações de começo de ano, por exemplo).

Falamos com Faye de Muyshondt, fundadora do grupo de treinamento de boas maneiras, socialsklz, e autora do livro "socialsklz :-) For Success", sobre as regras de etiqueta. Desde os que gostam de furar fila até os os que falam demais, vejam como lidar com todo tipo de situação que uma fila pode impor no seu caminho.

The Huffington Post: Qual é a coisa mais rude que a gente pode fazer quando está na fila?

Faye de Muyshondt: Eu diria que falar alto demais no celular e, pior ainda, não saber o que comprar (ou não estar com a carteira em mãos) quando chega a sua hora de pedir e pagar.

The Huffington Post: Parece que existem dois tipos de filas: as de "banco" (onde se forma uma fila só) e as de "supermercado" (onde cada pessoa forma uma fila em cada caixa). Qual delas é a mais educada e qual permite sair da loja mais rapidamente?

Faye de Muyshondt: Certamente a fila do banco é a mais "educada" porque é mais simples para os clientes, mas no supermercado normalmente tem mais clientes, caixas e transações, o que torna necessário a formação de filas atrás dos caixas. As duas podem ser igualmente educadas se todos jogarem limpo e forem agradáveis. Isso significa não pedir aos filhos ou familiares que esperem em outra fila para ver qual anda mais rápido.

The Huffington Post: O que você pode fazer se ficar preso na frente (ou atrás) de um tagarela?

Faye de Muyshondt: Tenha em mente que isso é temporário. No fim, não vale a pena confrontar essa pessoa e gerar uma energia negativa nem para você, nem para as pessoas ao seu redor. Em vez disso, pense em algo pelo qual se sente grato naquele dia. Numerosos estudos sobre gratidão garantem que esse sentimento está ligado à felicidade e ao bem-estar.

The Huffington Post: Qual é a maneira mais educada de lidar com quem fura fila?

Faye de Muyshondt: Mencione que "há uma fila" e indique que você está nela. O mais importante, no entanto, é manter a calma e sorrir ao dizer isso. No melhor dos casos, eles pedem desculpas e entram na fila. No pior, você fica em paz e eles continuam furando fila.

The Huffington Post: Qual é a melhor maneira de lidar com vários pedidos em uma longa fila? (Por exemplo, quando você está no Starbucks e tem que pedir para um grupo.)

Faye de Muyshondt: Você é um cliente pagante, tenha você um item ou seis para pedir. Embora eu adore a ideia de pensar na pessoa que está atrás de você na fila, a parte complicada é que você não tem como saber se essa pessoa vai pedir um item, ou vários (como você). Não é o mesmo caso da fila do supermercado. E, mesmo se eles tiverem apenas um pedido e você deixe a pessoa passar na sua frente, por que você não deixa as outras pessoas atrás dele (que vão pedir um item só) passar na frente também? É muito confuso. Relaxe. Faça seu pedido com segurança (a não ser que tenha apenas uma pessoa atrás de você na fila).

The Huffington Post: Esta pergunta aqui é apenas tangencialmente relacionada às filas, mas estamos curiosos: tem algum problema pedir uma bebida elaborada quando há um número considerável de pessoas esperando atrás de você na fila?

Faye de Muyshondt: Não tem problema se é um lugar onde você possa, de fato, pedir bebidas elaboradas! Eu quase me sinto uma anomalia quando peço meu café tall, no Starbucks, com espaço para pôr o leite, nos dias de hoje! A grande maioria faz pedidos elaborados!


Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.


LEIA TAMBÉM:

- 10 frases que mostram o quanto amamos dormir (FOTOS)

- 6 coisas que os obituários podem ensinar sobre viver melhor