NOTÍCIAS
29/12/2014 11:35 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Buscas pelo avião desaparecido da AirAsia são retomadas, mas falta de informações aumenta angústia de famílias dos passageiros

As buscas pelo avião sumido da AirAsia foram retomadas nesta segunda-feira (29), com a notícia de que objetos avistados em mar poderiam ser do Airbus 320-200. Entretanto, o vice-presidente da Indonésia, Jusuf Kalla, negou que seriam destroços da aeronave.

"Isso foi checado e não foi encontrada evidência suficiente para confirmar essa hipótese", afirmou em entrevista no aeroporto de Juanda, em Surubaya, cidade indonésia de onde saiu o voo QZ8501, que seguia rumo a Cingapura.

"Encontro com as famílias dos passageiros a bordo do Air Asia QZ8501 no centro de crise do aeroporto de Surabaya"

Segundo o site australiano 7 News, um helicóptero também encontrou manchas de óleo nas áreas de busca, mas tampouco há confirmação de que seja combustível do avião desaparecido.

A falta de informações sobre o paradeiro da aeronave e dos passageiros aumenta a angústia dos familiares, que lotam o centro de crise criado no aeroporto de Juanda.

Voo desaparece entre Indonésia e Cingapura


Mais cedo, a especulação era de que o avião poderia estar no fundo do mar após suposta queda na costa da Indonésia.

A informação foi dada pelo chefe da agência de busca e resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo.

"Com base nas nossas coordenadas, nós acreditamos que está no mar, então, por enquanto, (nós achamos) que está no fundo do mar", disse.

aviao

Imagem do trecho onde desapareceu o avião

(Com informações da Reuters)