NOTÍCIAS
19/12/2014 18:40 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Gabriel Medina vence, tira Kelly Slater do páreo... Mas ainda não é campeão

MÁRCIO FERNANDES/Estadão Conteúdo

Gabriel Medina está prestes a fazer história — mas não na tarde desta sexta-feira (19). Com a vitória do australiano Mick Fanning sobre o francês Jeremy Flores na última etapa de Pipeline, o surfista brasileiro de 21 anos vai ter que esperar mais um pouquinho para comemorar o campeonato mundial de surfe World Championship Tour (WCT).

Na tarde de sexta, Medina não estava sozinho no mar. A mãe, os irmãos e o padrasto o acompanhavam da areia, assim como outros brasileiros que fizeram de Pipeline um pedaço do Brasil. E sob os olhos dos compatriotas, o surfista de 21 anos venceu o rival, o havaiano Dusty Payne e deu mais um passo para se tornar o primeiro brasileiro campeão do WCT.

Faltando um dia para acabar o prazo da disputa da etapa do Pipe Masters, o mar subiu — o que não acontecia desde o fim de semana passado — e Medina pode, enfim, encarar o havaiano Dusty Payne. Líder do ranking, Medina soube esperar por uma boa onda, enquanto o adversário saiu nas primeiras ondas e emplacou um tubo. Sete minutos depois, o brasileiro pegou sua primeira onda e encontrou um tubo excelente. Acabou vencendo o adversário por 17,66 a 11,84.

medina

"Eu sabia que ele [Payne] era um cara difícil. Eu só tentei fazer o meu trabalho, como eu sempre faço", disse Medina, logo depois da vitória. "Eu sabia que deveria me posicionar bem para achar boas ondas."

A vitória tirou do páreo o americano Kelly Slater, que surfava pelo décimo segundo troféu, mas os olhos se voltavam para outro atleta. Entretanto, sua atenção estava voltada para Mick Fanning, o segundo no ranking e único rival capaz de tirar o título do brasileiro. Contudo, na nona bateria, Fanning venceu Flores por 10.84 a 7.67 e continuou na disputa.

Logo mais, começa a quarta fase do WCT. E mais uma vez, o brasileiro terá chance de fazer história.

LEIA TAMBÉM

- Gabriel Medina, o rei da praia

- Gabriel Medina: 4 provas de que o surfista brasileiro é o rei do Havaí