COMPORTAMENTO
03/12/2014 09:31 -02 | Atualizado 23/12/2017 10:01 -02

14 formas de estragar o final de ano da sua família

Aqui estão orientações essenciais para arruinar o Natal da parentada.

Bloomberg via Getty Images

O pisca pisca "importado" da China na parede, Simone perguntando ao fundo "o que você fez?" e a velha garrafa de sidra Cereser escondida em um canto frio da geladeira. Então... É Natal.

Caso você não suporte os excessos de cores verdes e vermelhas, toda a euforia e "clima familiar" que invade as últimas semanas de dezembro, temos uma solução para você: 14 formas de estragar o final de ano da sua família.

Entre atitudes simples, medianas e ações elaboradas, acrescentamos um tempero leve de discórdia que vão deixar a vovó desesperada, triste ou completamente irritada com você.

Não esqueça: paciência e sutileza são componentes fundamentais para cada um dos itens da lista, afinal, irritar as pessoas é uma arte.

1. Fale sobre política.

Frases prontas, dados coletados no Facebook e muitos discursos contraditórios. Sua família é de direita? Invista em debates sociais, temas como bolsa família e pontue tudo com expressões como "coxinha" e "mensalão tucano". Família de esquerda? Frases carregadas de "petralhas", "petrolão" e "volta da ditadura" servem perfeitamente para criar discórdia. Importante: não esqueça das roupas em tons vermelhos ou camisas da seleção brasileira com frases de ordem.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: baixo

Custo: baixo

2. Invente uma nova religião e tente converter os parentes.

O fim está próximo!

Se você cresceu em uma família religiosa, daquelas que rezam de mãos dadas na ceia e almoço de Natal, então sabe que a fé é um tema polêmico. Para não desrespeitar nenhuma religião, crie a sua própria crença. Faça panfletos, escreva cânticos fervorosos e rituais "peculiares", como tocar um sino altíssimo pela casa no meio da madrugada. Acima de tudo: não esqueça de catequizar os parentes.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: médio

Custo: médio

3. Tire fotos (com flash) o tempo todo.

Fotos em família nem sempre são vistas de forma positiva. As crianças choram, tem sempre um tio que faz chifrinhos, os avós ficam cansados e resolvem sentar, enfim, uma variedade de pequenas crises irritações. Para tornar a situação ainda mais insuportável, passeie pela casa registrando todos os momentos em família disparando flashs fortíssimos. Um disparo aqui, outro acolá. Não esqueça de mirar no rosto das pessoas.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: alto

Custo: médio

4. Coma a própria comida ou invente uma dieta bizarra.

Peru? Rabanada? Chester? Nada disso. Se você deseja irritar sua família, nada melhor do que preparar a própria comida ou criar um novo sistema de alimentação. Invente uma nova dieta à base de grãos estranhos, líquidos gosmentos, carnes exóticas ou simplesmente se recuse a experimentar o prato feito com tanto carinho por qualquer familiar. Para "melhorar" a situação, leve a própria água. Aviso: você vai fazer sua avó chorar.

Nível de irritação: médio

Nível de dificuldade: médio

Custo: médio

5. Família conservadora? Invista em um visual "inusitado".

Cabelo pintado de rosa, roupas de látex, salto plataforma e tatuagens espalhadas pelo corpo - principalmente no rosto. Calma, não precisa investir em nada permanente. Em determinadas famílias, barba longa para os homens e cabelo raspado para as mulheres são suficientes.

Nível de irritação: médio

Nível de dificuldade: médio

Custo: alto

6. Relembre acontecimentos ruins da própria família.

Aquela ex-namorada do primo, uma antiga traição do tio, aquela briga da vovó com o vovô. Você só precisa dar um "empurrãozinho", o resto da confusão fica por conta dos próprios parentes. Pense que você é um participante do Big Brother e a prova do líder é decidida pelo maior nível de irritação causado entre os competidores.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: baixo

Custo: baixo

7. Dê vales de doação como presente de Natal.

"Mamãe, fiz uma doação de presente para você!"

Pronto, esta é uma forma de irritação "do bem". Surpreenda toda a família com vales de doações para diferentes instituições de caridade. Entregue os vales - com as doações já feitas - dentro de pacotes imensos, faça com que eles acreditem em mimos luxuosos, porém, ao desembrulhar o presente: uma "surpresa".

Nível de irritação: médio

Nível de dificuldade: médio

Custo: médio

8. Presentes para as crianças? Que tal meias?

Já que a estratégia do vale não faz muito sentido para as crianças, um par de meias talvez seja a melhor solução. Prepare uma embalagem grande e colorida, acomodando aquele pacote de meias cinzentas no meio de papeis amassados ou picados - a criança vai jogar tudo no chão. Como destruir o natal de uma criança é uma atitude muito curel, não esqueça de entregar o presente verdadeiro no fim da noite. Pensando bem, melhor entregar no dia seguinte...

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: baixo

Custo: baixo

9. Para o vovô, vovó e toda a família: que tal uma lista de presentes eróticos?

Vibradores coloridos, bonecas infláveis, litros de lubrificante, algemas, calcinhas transparentes, jockstraps, máscaras e diferentes acessórios. Ninguém precisa saber que você deu os presentes, apenas deixe o embrulho com o nome do parente desejado, tome um gole de champanhe e saboreie o momento de desconforto ao ver os estranhos brindes sendo apresentados ao restante da família.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: baixo

Custo: baixo

10. Finja estar bêbado (ou beba de verdade) e dê vexame.

Se você já é um "profissional do álcool", beber um pouco além da conta é uma boa forma de constranger a família e criar situações desconfortáveis. Vinho, champanhe, cerveja ou refrigerante: a bebida não é importante, o escândalo sim. Não esqueça de chorar, abraçar todo mundo - "primo, você é um escroto, mas eu te amo" - e espalhar algumas verdades. Caso você nunca tenha experimentado álcool ou mesmo ficado bêbado, este vídeo pode ajudar na "performance".

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: médio

Custo: baixo

11. Troque os nomes dos presentes na árvore de natal.

Quer acabar com a felicidade da sua família, deixar todo mundo confuso e ainda se divertir bastante? Troque as etiquetas dos presentes embaixo da árvore de Natal. Sua família não tem compartilha esse costume? Sem problemas! Compre adesivos, escreva o nome de todo mundo e estabeleça o caos. Importante: não seja pego em flagrante.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: médio

Custo: baixo

12. Apareça com um animal de estimação "exótico".

Blrbrlrbrlrbrlrb...

Se um simples cachorro causa tamanha confusão no meio de um grupo de familiares, imagine aparecer na ceia de natal com um porco ou galinha de estimação? E que tal um bode? Um pavão? Achou pouco? Invista um pouco mais e compre uma cobra. Só não esqueça de alimentar a serpente - com camundongos - na mesma hora em que a família estiver se servindo.

Nível de irritação: alto

Nível de dificuldade: médio

Custo: alto

13. Exagere nas frases ordinárias.

1) É Pavê ou pacumê?

2) E as namoradas?

3) Ainda está desempregado?

4) Não passou no vestibular?

5) É impressão minha ou você ENGORDOU?

14. Estabeleça o caos: esconda as bebidas.

Assuma a responsabilidade por comprar e armazenar as bebidas - vinho, champanhe ou cerveja -, "guarde" tudo no congelador ou geladeira específica. Na hora da festa, se faça de desentendido e pergunte: "quem foi o engraçadinho que escondeu as bebidas?". Puxe uma cadeira e espere pelo início do espetáculo.

Leia mais:

29 coisas que só quem cresceu em família italiana vai entender

Esta mãe fotografou o lado obscuro de uma "família perfeita"

26 coisas que só quem cresceu em família libanesa vai entender

Este é um texto de humor. Não repita isso em casa... Ou corra o risco e seja expulso da sua família.