NOTÍCIAS
16/11/2014 14:28 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Comic Con ganha réplicas no Brasil com Jiraya e Beakman

Reprodução

Convertida em epicentro da cultura pop-nerd, a Comic Con, feira de debates e lançamentos iniciada em 1991 em San Diego, nos Estados Unidos, exportou o seu formato para o mundo e agora também para o Brasil, que ganha neste ano dois eventos feitos e batizados ao seu molde e nomenclatura. Sem relação entre si, a Brasil Comic Con e a Comic Con Experience acontecem uma atrás da outra – uma neste fim de semana e a outra em dezembro – e trazem para o contato com fãs e profissionais de quadrinhos, cinema e TV, convidados de alto lastro geek, como o japonês Jiraya, rival de Jaspion na preferência das crianças dos anos 1980, e o cientificista Beakman, estrela da programação infantil da TV Cultura nos anos 1990.

Esses são, para o coordenador-geral da Brasil Comic Con, Leandro Cruz, exemplos dos convidados ao gosto do público nacional que a feira reunirá. Segundo Cruz, esta é a grande diferença entre o evento de novembro e o de dezembro, que trará gente como os atores Lino Facioli, brasileiro conhecido por interpretar o jovem Robin Arryn em Game of Thrones; Jason Momoa, o Khal Drogo da mesma série da HBO, e Edgar Vivar, o Senhor Barriga do seriado Chaves. “As Comic Cons americanas levam aquilo que o público americano gosta, a gente traz o que o público brasileiro gosta”, justifica Cruz.

Takumi Tsutsui, o Jiraiya, se diz surpreso com a receptividade que tem no Brasil. “Não sei dizer por que uma obra japonesa fez tanto sucesso no Brasil. Talvez a simples história do mocinho que combate o mal seja bem aceita”, afirma o ator, um dos expoentes do tokusatsu, gênero que reúne filmes e séries em live-action no Japão.

Tsutsui, que fará uma palestra no sábado e participará de uma sessão de autógrafos no domingo, diz ter passado por um laboratório de artes marciais para o papel. “Antes de começar as gravações, fiz aulas de ninjutsu, aprendi como usar katana e treinei para ganhar músculos. Fora isso, tomava cuidado para não engordar”, conta.

Além do japonês, marcam presença na Brasil Comic Com, entre outros, David Gorder, produtor conhecido por trabalhar na trilogia X-Men, e o ator Sylvester McCoy, que, além de interpretar o mago Radagast em O Hobbit, foi o protagonista da sétima geração da série Doctor Who.

O projeto de realizar a feira, de acordo com Cruz, já é antigo. Ele organiza há dez anos a versão brasileira da Anime Friends, feira voltada aos fãs da cultura oriental, em parceria com a empresa de eventos Yamato. “A gente já tinha feito há alguns anos, dentro do Anime Friends, o São Paulo Comic Fair. E ano passado, também dentro do Anime Friends, realizamos a primeira edição do Brasil Comic Com, que agora segue carreira solo.”

A Brasil Comic Con, que acontece no Centro de Eventos Pro Magno, zona oeste de São Paulo, espera receber 15 000 pessoas e tem, até o momento, 10 000 ingressos vendidos. As entradas podem ser adquiridas tanto pelo site www.brasilcomiccon.com.br, como nas bilheterias do local, que ficarão abertas das 10h às 20h nos dois dias do evento. Os preços na internet variam entre 115 reais (inteira) e 57,50 reais (meia – que também pode ser adquirida com um quilo de alimento não perecível). Na bilheteria, os valores sobem para 138 reais (inteira) e 69 reais (meia).

Já a Comic Con Experience, que acontece entre 4 e 7 de dezembro no Centro de Exposições Imigrantes, está atualmente no segundo lote de ingressos, à venda no site www.ccxp.com.br. Os preços variam entre 249 reais (ingressos simples para os 4 dias) e 4.999 reais (ingressos full experience para os quatro dias).