NOTÍCIAS
12/11/2014 17:17 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Seleção dos gols mais bonitos do ano tem três da Copa

ASSOCIATED PRESS
FILE - In this June 13, 2014 file photo, Netherlands' Robin van Persie heads the ball to score during the group B World Cup soccer match between Spain and the Netherlands at the Arena Ponte Nova in Salvador, Brazil. Robin van Persie’s diving header that foretold the demise of reigning world champion Spain was spectacular. Like Flipper catching fish, he launched himself horizontally into the air to get his head to a long pass from left back Daley Blind, sending the ball arching over stranded Spain goalkeeper and captain, Iker Casillas.(AP Photo/Christophe Ena, File)

A Copa do Mundo do Brasil foi a de melhor nível técnico nos últimos tempos. Além do futebol bem jogado e das grandes exibições de craques, alguns lindos gols aconteceram em nosso território. Três deles foram tão bonitos que estão concorrendo ao Prêmio Puskas de 2014, dado pela Fifa ao jogador que fez o gol mais belo durante o ano no futebol mundial. Pela primeira vez depois de quatro anos, Neymar, vencedor em 2011, sequer está na lista.

Eleito o gol mais bonito da Copa, o de James Rodríguez diante do Uruguai, nas oitavas de final, não poderia faltar. O lance em que o meia da seleção colombiana domina a bola no peito e vira batendo forte para vencer o goleiro Muslera sai como um dos favoritos ao prêmio, definido por voto popular através da internet.

Além dele, os outros gols que ocorreram no Mundial e estão entre os concorrentes envolvem a seleção holandesa. O primeiro foi marcado por um jogador da equipe, Robin van Persie, em lindo toque de cabeça por cobertura na goleada por 5 a 1 sobre a Espanha. O outro foi sofrido pela Holanda no duelo com a Austrália, no qual Tim Cahill emendou um chute forte de esquerda para vencer Cillessen.

Outros nomes bem conhecidos do futebol mundial estão na lista, como Diego Costa e Ibrahimovic, também estão entre os indicados. O brasileiro naturalizado espanhol concorre pelo gol de bicicleta que marcou pelo Atlético de Madrid contra o Getafe, enquanto o sueco marcou um gol acrobático de calcanhar pelo Paris Saint-Germain contra o Bastia. Ibrahimovic, aliás, defende o título, já que em 2013 o faturou pelo gol com a camisa da seleção sueca contra a Inglaterra.

Por pouco esta não foi a primeira vez que o Brasil ficou de fora da disputa. E quem impediu isso foi um nome desconhecido da torcida do País. O belo voleio de Camilo Sanvezzo, do Vancouver Whitecaps, do Canadá, diante do Portland Timbers, pela Major League Soccer, manteve a tradição brasileira de sempre ter ao menos um jogador na disputa.

Entre os outros quatro gols, que completam a lista de dez indicados, há uma representante feminina: a irlandesa Steph Roche do Wexford Youths. Quem também briga pelo troféu é o mexicano Marco Fabian, com a camisa do Puebla, o suíço Pajtim Kasami, pelo Fulham, e o japonês Hisato Sato, pelo Sanfrecce Hiroshima.

  • Tim Cahill (Austrália)
    Austrália x Holanda (Copa do Mundo)
  • Diego Costa (Atlético de Madrid)
    Atlético de Madrid x Getafe (Campeonato Espanhol)
  • Marco Fabián (Cruz Azul)
    Cruz Azul x Puebla (Campeonato Mexicano)
  • Zlatan Ibrahimovic (Paris Saint-Germain)
    Paris Saint-Germain x Bastia (Campeonato Francês)
  • Pajtim Kasami (Crystal Palace)
    Crystal Palace x Fulham (Campeonato Inglês)
  • Stephanie Roche (Peamount United)
    Peamount United x Wexford Youths (Campeonato Irlandês de futebol feminino)
  • Camilo Sanvezzo (Vancouver Whitecaps)
    Vancouver Whitecaps x Portland Timbers (Campeonato Estadunidense)
  • Hisato Sato (Sanfrecce Hiroshima)
    Sanfrecce Hiroshima x Kawasaki Frontale (Campeonato Japonês)
  • Robin Van Persie (Holanda)
    Holanda x Espanha (Copa do Mundo)
  • James Rodríguez (Colômbia)
    Colômbia x Uruguai (Copa do Mundo)