NOTÍCIAS
29/10/2014 14:30 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

No pior momento de sua história, a Portuguesa é rebaixada para a Série C

Estadão Conteúdo

"A Lusa era a primeira opção dos jogadores quando Palmeiras, São Paulo, Santos e Corinthians fechavam seus elencos. Era um prazer jogar pela Lusa. Agora está na Série C do Brasileiro. É uma grande pena. Dói. Fico até sem palavras". O rebaixamento da Portuguesa à Terceirona, sacramentada na noite desta terça-feira, após perder para o Oeste por 3 a 0, em Itápolis, fez com que o ex-ídolo do clube, Capitão, se abalasse.

Tradicional clube brasileiro, berço de craques como Djalma Santos, Julinho Botelho e Dener, a Portuguesa chegou ao ponto mais baixo de sua história nesta terça-feira (28), quando foi rebaixado à Serie C do Campeonato Brasileiro.

A péssima campanha na Série B em 2014 em nada lembrou a Portuguesa de 2011, quando também disputou a Segundona, mas foi campeã apresentando um ótimo futebol, que a fez ser chamada, na época, de "Barcelusa".

A derrocada da Portuguesa em 2014 teve início na última rodada do Brasileirão de 2013, quando a equipe escalou de forma irregular o meia Héverton na partida contra o Grêmio. Punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a equipe acabou perdendo quatro pontos no certame, fato que resultou na queda do clube à Série B.

Relembre, em cinco capítulos, a trajetória da Lusa, da Série A à Série C:

  • A escalação irregular do meia Héverton contra o Grêmio
    Divulgação
    No dia 7 de dezembro de 2013, a Portuguesa enfrentou o Grêmio pela última rodada do Brasileirão. A escalação do meia Héverton, aos 32 minutos do segundo tempo no empate em 0 a 0 com o time gaúcho teria passado batida não fosse uma ação do Fluminense, rebaixado em campo, contestando a regularidade do atleta. Os dias que se passaram foram de muita disputa nos bastidores, com a possibilidade do time carioca manter-se na Série A graças à perda de pontos do time paulistano, que seria rebaixado em seu lugar para a Segundona.
  • A derrota no STJD
    MARCOS DE PAULA / Estadão Conteúdo
    Em 16 de dezembro de 2013, a Portuguesa foi punida pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) com a perda de quatro pontos - além de ser condenada a pagar uma multa de R$ 1000 reais - pela escalação irregular do meia Héverton contra o Grêmio. A determinação da Justiça fez com que o clube paulista caísse para a Série B, salvando o Fluminense do rebaixamento.
  • Abandono de campo na partida contra o Joinville
    Divulgação
    Logo na estreia da Série B deste ano, a Portuguesa abandonou a partida contra o Joinville, disputada na cidade catarinense, alegando possuir uma liminar que a reconduziria à Série A. O abandono de campo, no entanto, acabou fazendo com que a equipe fosse punida, tendo o Joinville sendo declarado vencedor da partida por W.O. Por pouco, aliás, o STJD não excluiu a Lusa da competição.
  • Sequência sem vitórias leva equipe à lanterna da Série B
    ALE CABRAL/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
    Ao longo da disputa da Série B deste ano, a Portuguesa fez uma campanha sofrível. Contra o Vasco, na 26ª rodada, a equipe foi derrotada, no Canindé, por 1 a 0, alcançando sua pior série sem vitórias na história da disputa do torneio de acesso à elite do futebol brasileiro. O revés também colocou a Lusa na lanterna da competição, pavimentando o caminho para o rebaixamento à Série C.
  • Rebaixamento à Série C com cinco rodadas de antecedência
    JOSé LUIS SILVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
    Depois de perder do Vasco, a Portuguesa emendou uma sequência de cinco derrotas consecutivas, culminando com o revés para o Oeste por 3 a 0, em Itápolis. O triunfo da equipe do interior paulista sacramentou o rebaixamento da Lusa à Série C, com cinco rodadas de antecedência.