NOTÍCIAS
26/10/2014 21:54 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Em discurso reconhecendo derrota, Aécio Neves ressalta que prioridade de Dilma Rousseff deve ser unir o Brasil

Montagem/Estadão Conteúdo

O senador Aécio Neves (PSDB) reconheceu a derrota em pronunciamento em Belo Horizonte na noite deste domingo (26). Ele disse que ligou cumprimentando a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT).

"Ressaltei que a maior de todas as prioridades [dela] deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado, que dignifique a todos os brasileiros", contou, referindo-se à acirradíssima eleição com diferença de apenas 3,4 milhões de votos entre a petista e ele.

Ele agradeceu o voto dos 50,9 milhões de eleitores e destacou a votação em São Paulo, estado onde teve 63,8% dos votos válidos.

LEIA MAIS: - Dilma Rousseff confirma favoritismo, é reeleita presidente do Brasil e leva PT a 16 anos no Palácio do Planalto

- Após vitória, Dilma Rousseff se diz disposta a ser uma presidente 'melhor do que foi' e contesta divisão do País

Leia a íntegra do discurso dele:

"Quero mostrar meu profundo agradecimento aos mais de 50 milhões de brasileiros, que apontaram o caminho da mudança. Serei eternamente grato a cada um de vocês, que me permitiram voltar a sonhar e acreditar na construção de um novo projeto. As cenas que vivi nestes meses jamais sairão da minha mente e do meu coração. Cumprimentei agora há pouco por telefone a presidente e desejei a ele sucesso em seu novo governo. Ressaltei que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado, que dignifique a todos os brasileiros. Uma palavra especial a cada companheiro, na figura de meu vice Aloyzio Nunes, com quem tive o privilégio de compartilhar novas expectativas em relação ao Brasil. Deixo esta campanha ao final com sentimento de que cumprimos o nosso papel. Quero mais uma vez reconhecer São Paulo. Combati o bom combate, cumpri a minha missão e guardei a fé."

Eleitores choram derrota de Aécio Neves