NOTÍCIAS
23/10/2014 12:08 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Amistosos da Seleção Brasileira: Dunga chama equipe 100% "estrangeira" para duelos contra Turquia e Áustria

MARCELO MOREIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O treinador da Seleção Brasileira, Dunga, cedeu à pressão dos clubes brasileiros e convocou nesta quinta-feira (23) uma equipe formada 100% com atletas que atuam no exterior para as partidas contra a Turquia e Áustria, que serão disputadas em 12 e 18 novembro, em Istambul e Viena, respectivamente.

Felipão evitou convocar atletas que vinham sendo chamado por ele nas primeiras partidas da Seleção Brasileira sob seu comando em sua volta ao escrete nacional, como Ricardo Goulart e Everton Ribeiro, ambos do Cruzeiro, Diego Tardelli (Atlético-MG) e Robinho (Santos). Estes atletas disputarão as semifinais da Copa do Brasil e poderiam desfalcar suas equipes em uma eventual final da competição.

Na segunda-feira (21) o treinador da Seleção olímpica, Alexandre Gallo, já havia polemizado ao convocar atletas que são titulares de semifinalistas da Copa do Brasil, como Gabriel (Santos), Malcon (Corinthians) e Carlos (Atlético-MG).

LEIA MAIS: Cartilha de Dunga proíbe chinelos e obriga jogadores a cantar hino

Assim, Dunga adotou a prudência, evitando prejudicar ainda mais os times brasileiros na reta final da competição mata-mata e nas rodadas finais do Brasileirão. "Abrimos mão de alguns jogadores brasileiros e daremos oportunidades para quem está na Europa. Era o momento oportuno de cada um ceder um pouco", afirmou.

Na lista de convocados anunciada nesta quinta-feira, a maior novidade ficou por conta da presença de Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, capitão da equipe durante a passagem de Luiz Felipe Scolari no "escrete canarinho". O atleta, que se lesionou após a disputa da Copa do Mundo, ainda não havia sido convocado por Dunga. Lucas, do Paris Saint-Germain, também voltou a aparecer na lista.

Luiz Adriano, atacante do Shakthar Donetsk, que brilhou na rodada da Liga dos Campeões desta semana, ao marcar cinco gols na partida contra o BATE Barisov, foi outro que ganhou uma chance. Hulk, titular absoluto da equipe na Era Felipão, por outro lado, mais uma vez foi preterido.

Por fim, outras duas surpresas foram as convocações do volante Casemiro, do Porto, e do meia-atacante Roberto Firmino, do Hoffenhein, este convocado pela primeira vez para a equipe principal da Seleção.

Confira a lista completa dos convocados:

Goleiros: Rafael Cabral (Napoli), Neto (Fiorentina), Diego Alves (Valencia)

Zagueiros: David Luiz (Paris Saint-Germain), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thaigo Silva (Paris Saint-Germain), Miranda (Atlético de Madrid)

Laterais: Mário Fernandes (CSKA Moscou), Alexsandro (Porto), Danilo (Porto), Filipe Luís (Chelsea)

Meio-campistas: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Rômulo (Spartak Moscou), Fernandinho (Manchester City), Casemiro (Porto), Oscar (Chelsea), Firmino (Hoffenhein), Wiilian (Chelsea), Phillipe Coutinho (Liverpool), Lucas (Paris Saint-Germain) e Douglas Costa (Shakthar Donetsk)

Atacantes: Neymar (Barcelona) e Luiz Adriano (Shakthar Donetsk)