COMPORTAMENTO
23/10/2014 18:18 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

40% dos usuários de internet já foram vítimas de assédio on-line (PESQUISA)

zzathras777/Flickr
The street under the bridge is, of course, Troll Ave!

Há uma pontinha de verdade quando ouvimos que, na internet, "a zueira não tem limites". Talvez bem mais que uma pontinha, na verdade. O Pew Research Center divulgou hoje (23) um estudo sobre assédio na internet — e os resultados não são nada engraçados: 73% dos usuários adultos já viram alguém ser assediado na internet, e 40% já foram vítimas desse comportamento.

O estudo foi feito entre 30 de maio e 30 de junho deste ano, e contou com a participação de 2.849 usuários de internet.

Tipos de assédio

Entre aqueles que viram outros sofrerem algum tipo de agressão:

  • 60% testemunharam o uso de nomes ofensivos;
  • 53% testemunharam esforços para propositadamente constranger alguém;
  • 25% testemunharam ameaças físicas;
  • 24% testemunharam assédio contínuo;
  • 19% testemunharam assédio sexual;
  • 18% testemunharam perseguição — o famoso "stalking".

Entre aqueles que sofreram pessoalmente algum tipo de agressão:

  • 27% foram chamados de nomes ofensivos;
  • 22% foram propositadamente constrangidos;
  • 8% foram ameaçados fisicamente;
  • 8% foram perseguidos;
  • 7% sofreram assédio contínuo;
  • 6% foram assediados sexualmente.

A pesquisa considerou, ainda, as diferentes formas de assédio — foram considerados do tipo leve "nomes ofensivos" e "constrangimento proposital"; e do tipo severo "perseguição", "assédio sexual", "ameaças físicas" e "assédio contínuo". Com base nisso, o estudo apontou os gêneros que mais sofrem com cada uma delas. De acordo com o documento,

"Mulheres jovens (18 a 24 anos) experienciam alguns tipos severos de assédio em um nível desproporcionalmente maior: 26% delas foram perseguidas, e 25% foram alvo de assédio sexual on-line."

Entre homens jovens (18 a 24 anos), as taxas são 7% e 13%, respectivamente.

Se considerarmos todas as idades, teremos o seguinte resultado:

Percepção e receptividade em ambientes on-line

A internet permite que as pessoas sejam mais críticas com as outras, em comparação com o mundo off-line? De acordo com 92% dos usuários que responderam à pesquisa, sim. Além disso, A percepção geral dos entrevistados foi testada em diversos ambientes para se chegar a um dado sobre a receptividade de espaços digitais. Enquanto a maioria dos espaços eram receptivos tanto a homens quanto a mulheres, a esfera de jogos on-line foi a que teve maior discrepância:

E o seu comportamento on-line, como é? Queremos saber. Escreva nos coment... Não, melhor não.