NOTÍCIAS
21/10/2014 20:05 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Gravações da NASA revelam os sons característicos de cada planeta (ÁUDIOS)

Fotomontagem

Muitos nerds devem ter se contorcido ao ver este trailer. Afinal, todo mundo sabe que o som não se propaga no vácuo, certo?

Certo, mas isso não quer dizer que o universo seja mudo. Na verdade ele está cheio de vozes. Só que o som dos planetas não viaja pelo espaço através da vibração das moléculas do ar. E sim por meio de ondas eletromagnéticas que pulsam nas mesmas frequências audíveis pelos seres humanos -- de vinte a 20 mil vezes por segundo. É como se cada corpo celeste fosse uma enorme emissora de rádio.

Ora, se cada corpo celeste é uma grande emissora de rádio, basta usar grandes antenas para captar essa transmissão e transformá-la em música para os ouvidos, certo?

Sim. É a radioastronomia, utilizada desde os anos 30. A técnica possibilitou grandes descobertas como os quasares e as galáxias jovens: coisas difíceis de ver, mas relativamente simples de se ouvir.

Neste vídeo dá para ouvir a voz de cada planeta, captada pelas naves Voyager I & II.

Nosso sistema solar inclusive já formou uma "banda", com mais álbuns lançados que o Rouge. É o Symphonies of the Planets, projeto fonográfico lançado pela Nasa na década de 70 com gravações realizadas pelas sondas Voyager 1 e 2. Os discos são bem relaxantes. É apagar a luz, apertar o play e tirar aquela sonequinha viajando pelo espaço.