NOTÍCIAS
18/10/2014 00:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Chorume eleitoral: 15 momentos da campanha presidencial de 2014 para se envergonhar ou lamentar

Montagem/Estadão Conteúdo/Facebook

Falta pouco mais de uma semana para o fim das eleições, mas resta saber se os brasileiros vão sobreviver ao embate entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB).

Nas redes e nas ruas, a militância vem seguindo o tom dos candidatos nos últimos debates.

Ataques pessoais e trocas de acusações deixam em segundo plano confrontos de ideias e propostas.

Quem poderá governar melhor? A pergunta dirigida a ambos candidatos é substituída por outra questão... Qual dos dois — e qual de seus respectivos partidos — consegue sujar mais?

O chorume é cultivado pelo eleitor passional, pelo militante "fanático", e sobressai na timeline de todo mundo, nas caixas de comentários de sites e nos grupos de WhatsApp.

Extravasa o online e, com alta carga de intolerância, atinge e agride no espaço público, no restaurante ou mesmo na universidade.

O Brasil Post selecionou 15 momentos desta campanha presidencial dos quais não deveríamos nos orgulhar.

Revivê-los é o caminho para refletir sobre o quanto precisamos amadurecer nosso modelo de campanha eleitoral.

Por ora, só dá para lamentar. E se envergonhar:

Chorume nas Eleições Presidenciais 2014