NOTÍCIAS
06/10/2014 21:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:03 -02

Greve dos bancários termina em algumas cidades de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Ceará

CHARLES SHOLL/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Os bancários de algumas cidades de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Ceará e Santa Catarina decidiram voltar ao trabalho a partir desta terça-feira (7), segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), divulgadas pelo G1.

Bancários das cidades de São Paulo, Osasco e outros quinze municípios da região aceitaram a proposta do sindicato patronal. Nas regiões de Ribeirão Preto, Franca, Alto Tietê, Presidente Prudente, Vale do Paraíba e região bragantina, os trabalhadores também optaram pelo fim da greve.

A greve foi encerrada na capital e região metropolitana do Paraná. No interior do estado, nas cidades de Arapoti e Cornélio Procópio, os trabalhadores também aceitaram a proposta apresentada pelos bancos.

Segundo a Federação dos Trabalhadores das Instituições Financeiras (Fetrafi-RS), a greve foi encerrada também nas agências privadas e públicas de Porto Alegre.

Em Santa Catarina, os bancários de Criciúma aprovaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para bancos públicos e privados.

Na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, também voltam ao trabalho nesta terça-feira (7).

Os bancários do Ceará encerraram a greve nos bancos privados e em parte dos bancos públicos do estado. O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) continua com a paralisação.