NOTÍCIAS
05/10/2014 13:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:03 -02

Eleições 2014: Pastor Everaldo (PSC) vota na zona norte do Rio

Estadão Conteúdo

Defensor do que chamou de "estado mínimo necessário", o pastor Everaldo Pereira, candidato à presidência pelo PSC, votou no fim da manhã deste domingo na Escola Municipal Grécia, na Vila da Penha, zona norte do Rio, acompanhado da neta Ana Carla, de 9 anos. Ao deixar a seção eleitoral, Everaldo declarou voto no governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e no filho Filipe Pereira (PSC), que concorre a uma vaga na Câmara dos Deputados. "Os outros (candidatos) deixa, os outros não (vou dizer)", disse o pastor da Assembleia de Deus.

Everaldo chegou ao local da votação por volta das 11h10 acompanhado de três filhos e dois netos, além de assessores. O candidato do PSC não quis se posicionar em relação a um eventual apoio no segundo turno, afirmando que vai aguardar o resultado. "Só vou me pronunciar a respeito de qualquer coisa do segundo turno após a apuração da eleição", afirmou. Defensor da privatização de empresas como a Petrobras, Everaldo voltou a defender o que classificou de "estado mínimo necessário".

pastor everaldo

"Estou aqui na escola Grécia, no subúrbio do Rio, onde os meus três filhos estudaram. Defendo que o brasileiro continue progredindo e que tenhamos uma escola pública de qualidade. Tenho compromisso com a educação, com a saúde, com a segurança pública de qualidade, com o estado mínimo necessário e sem corrupção", disse o candidato, que beijou crianças e cumprimentou funcionários da Justiça Eleitoral ainda dentro da escola.

Morador do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, Everaldo não vive há 14 anos na região em que seu título está registrado. O candidato entrou na fila da seção 056, mas quando ainda havia quatro pessoas a sua frente, foi convidado por um mesário a votar, após pedido feito por um agente responsável por sua segurança.

Presidenciáveis votam em suas zonas eleitorais