NOTÍCIAS
03/10/2014 11:42 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:57 -02

Para Financial Times, relação de Aécio com elite prejudica imagem do candidato

GUSTAVO SEREBRENICK/BRAZIL PHOTO PRESS

A correlação do nome do candidato Aécio Neves (PSDB) com privilégios e os valores da elite torna improvável uma vitória tucana nas eleições presidenciais. A avaliação consta de reportagem publicada na edição desta sexta-feira, 3, do jornal britânico Financial Times.

Diante dessa análise, o jornal britânico afirma que o eventual apoio do PSDB à candidatura de Marina Silva no segundo turno poderia ajudar a candidata do PSB a derrotar Dilma Rousseff (PT).

"É essa associação com o privilégio e o elitismo que faz com que analistas avaliem como improvável uma vitória de Neves na eleição de domingo", diz o FT.

"Enquanto o candidato de 54 anos e o partido centrista PSDB são altamente respeitados pela comunidade empresarial, Neves tem lutado para ganhar a confiança dos brasileiros mais pobres e para acabar com a imagem de playboy que tem queda pelo luxo e namoros com modelos".

O jornal inglês reconhece que as últimas pesquisas eleitorais deram novo ânimo à campanha tucana. "Depois da recente recuperação nas pesquisas desta semana, Neves tem chances reais de vencer Marina Silva e ir para o segundo turno. Mas dadas suas chances menores de ganhar no segundo turno ele poderia, paradoxalmente, garantir a vitória de Dilma Rousseff", diz o jornal.

Mesmo fora de eventual segundo turno, o FT diz que Aécio terá papel importante na política brasileira e poderá ser o "kingmaker" - termo inglês usado para classificar aquele que lidera, reúne pessoas e consegue influenciar a política.

"Se ele transferir seu apoio a Marina Silva vai determinar as chances da candidata de derrotar a atual titular do cargo, o que encerraria os 12 anos de poder do PT", diz o jornal. O FT observa, contudo, que o tom mais duro do discurso tucano contra Marina nos últimos dias pode minar o poder de transferência de voto do PSDB para o PSB.

LEIA MAIS:

- #DebateNaGlobo: No encontro mais quente de todos, Dilma 'escolhe' rival em cenário apertado entre Marina e Aécio

- Eleições 2014: a três dias do pleito, Datafolha registra empate técnico entre Marina e Aécio na briga por vaga no 2º turno