COMPORTAMENTO
30/09/2014 19:04 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:57 -02

Inspiração: 3 histórias que provam que nunca é tarde para realizar um sonho

Divulgação/TJ-MG

Você já quis fazer um curso de graduação, mas achou que o momento tinha passado? Ou que era tarde demais para se casar? Conheça três histórias que mostram que não há idade para realizar um sonho.

chames rolim

Chames Rolim se formou em Direito, aos 97 anos

A mineira Chames Salles Rolim, de 97 anos, recebeu no mês de agosto o diploma de bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de Ipatinga (Fadiga), no interior de Minas Gerais. Mãe de dez filhos, Chames decidiu fazer o curso após a morte do marido, com quem foi casada por 63 anos. O companheiro era muito ciumento e não aprovava a ideia da esposa estudar.

Filha de imigrantes libaneses, Chames nasceu na cidade mineira de Santa Maria de Itabira. "Sei que a minha idade não me dá muito prazo. Por isso o que eu quero é ser útil a quem me procurar, compartilhar o conhecimento. Se eu não souber responder algo, vou orientar a pessoa a buscar quem saiba", afirmou a nonagenária em um depoimento ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Para quem acredita que a idade pode atrapalhar na hora de aprender, a mineira responde em seu depoimento: "Paresse! (preguiça, em francês). A gente sempre pode aprender, mesmo que seja a conviver melhor com as pessoas."


vivian boyack e alice dubes

Vivian Boyack e Alice Dubes oficializaram a relação, aos 90 anos

As norte-americanas Vivian Boyack, 91 anos, e Alice Dubes, 90 anos, oficializaram sua relação, após passarem 72 anos juntas. A celebração para amigos íntimos aconteceu no começo de setembro no estado de Iowa, nos Estados Unidos. As duas participaram da cerimônia de cadeiras de rodas.

De acordo com o jornal local “Quad City Times”, elas se conheceram na Universidade de Yale, no estado de Connecticut, e se mudaram para Iowa em 1947. Vivian trabalhava como professora e Alice como bancária. O casamento homossexual só foi legalizado em 2009 no estado em que moram.

Para os que acreditam que há um limite de idade para o casamento, as duas mulheres declaram que nunca é tarde demais para um novo capítulo na vida. Vivian confessou ao jornal local seu segredo para um relacionamento tão duradouro: amor e esforço. "Tivemos um bom tempo", completou Alice.


diane nyad nadou de cuba à flórida em 52 horas

Diane Nyad foi de Cuba à Flórida nadando, aos 64 anos

Ano passado, a nadadora de longas distâncias Diana Nyad completou a travessia entre Cuba e Key West, cidade no sul da Flórida, aos 64 anos. Diana levou 52 horas para fazer o percurso.

No total, são 116 quilômetros de distância que reúnem alguns perigos: tubarões, águas-vivas venenosas, tempestades, ondas fortes e correntes de água imprevisíveis do golfo. Diane não usou uma jaula que poderia protegê-la de tubarões, nem roupas especiais ou nadadeiras.

A nadadora já tinha tentando completar o trajeto outras quatro vezes. Com essa conquista, ela se tornou uma das recordistas mundiais de nado mais longo sem assistências.