LGBT
29/09/2014 20:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:57 -02

OAB quer cassar candidatura de Levy Fidélix por discurso de ódio

Estadão Conteúdo

As declarações homofóbicas de Levy Fidelix no debate realizado neste domingo (29) pela Record não devem passar sem consequências.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral a cassação da candidatura de Levy Fidelix (PRTB) por causa de seu discurso de ódio. A entidade também fez um requerimento de direito de resposta às declarações.

As informações são do repórter James Cimino, do UOL .

LEIA TAMBÉM:

- Levy Fidelix na Record sobre famílias formadas por homossexuais: "Aparelho excretor não reproduz"

- #LevyVocêÉNojento: tweets mostram a revolta contra as declarações de Levy Fidelix no Debate da Record

A OAB não foi a única a se manifestar contra as falas do candidato do PRTB. Segundo Cimino, o deputado Renato Simões (PT-SP) entrou com representação junto à Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público.

A candidata do PSOL, Luciana Genro, e o deputado federal Jean Wyllys também protocolaram uma representação contra o candidato no TSE.

No Facebook, uma série de grupos como o Denunciaço contra Levy Fidelix e Denúncia coletiva contra Levy Fidelix (Lei 10948/01) reúnem pessoas para formalizar denúncias à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos.

Também ficou chocado com o chorume do ilustríssimo candidato? Vem com a gente! Confirma nos eventos e compartilhe a hashtag #LevyVocêÉNojento!