NOTÍCIAS
25/09/2014 20:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:57 -02

Movimento sem-teto se inspira em episódio de Pica-Pau para ‘puxar a orelha' de Alckmin sobre a falta de água (VÍDEO)

Montagem/Estadão Conteúdo e Daily Motion

Parte dos cerca de 5 mil manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) que realizam um protesto desde a tarde desta quinta-feira (25) na região de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, resolveu ironizar o governo estadual com uma sugestão inusitada contra a falta de água em vários bairros da capital – uma das razões que levou o movimento a realizar a manifestação.


Certo, eles chamaram de dança da luta. Mas no local o clima envolvendo os cocares e toda a “cerimônia” simbólica tinha muito mais a ver com a dança da chuva, imortalizada pelo clássico episódio Chefe Charlie Cavalo (válido para aqueles nascidos nos anos 80!) de Pica-Pau.

Lógico, não podíamos relembrar isso sem postar o vídeo do desenho.


070 - PICA-PAU - CHEFE CHARLIE CAVALOpor GENILSONGASPARETTO


Pica-Pau, aliás, 'foi precursor' na arte de inspirar a chuva, como mostram essas outras passagens...

Ao que parece, a única coisa que o governo de Geraldo Alckmin (PSDB) não tentou ainda foi a dança da chuva mesmo. Entre captação do volume morto do Sistema Cantareira e o pagamento de alguns milhões por chuvas artificiais, o governo paulista aguarda ansiosamente pela “ajuda” de São Pedro.

Concreto mesmo é que a água do primeiro lote do volume morto acaba dia 21 de novembro, conforme informou o secretário de estadual de Recursos Hídricos de São Paulo, Mauro Arce. Com o segundo lote, se necessário for, a água deve durar até março de 2015, segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).