NOTÍCIAS
19/09/2014 08:57 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Marina cai enquanto Dilma e Aécio oscilam para cima, diz nova pesquisa Datafolha; candidatas têm empate técnico no 2º turno

Montagem/Estadão Conteúdo

Nova pesquisa eleitoral Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (19), mostra consolidação da liderança de Dilma Rousseff (PT) no primeiro turno, com maior vantagem sobre a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (PSB).

Dilma oscilou de 36%, na semana passada, para 37% das intenções de voto, no levantamento desta semana. Marina caiu de 33% para 30% nesse período.

Foi a maior queda registrada pela candidata do PSB desde 15 de agosto, quando o Instituto Datafolha substituiu o nome de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo, pelo de Marina.

Aécio Neves (PSDB) oscilou de 15% para 17%.

Votos brancos e nulos somam 7%. Os eleitores indecisos totalizam 6%.

Os candidatos Pastor Everaldo (PSC), Eduardo Jorge (PV) e Luciana Genro (PSOL) marcaram 1% cada um.

Os outros concorrentes — José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Rui Costa Pimenta (PCO), Mauro Iasi (PCB) e Zé Maria (PSTU) — não pontuaram.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Datafolha entrevistou 5.340 eleitores na quarta-feira (17) e na quinta-feira (18).

Segundo turno

A nova pesquisa aponta que Marina Silva e Dilma Rousseff estão empatadas tecnicamente no segundo turno. E a diferença do percentual de intenção de votos delas nunca foi tão pequena.

Marina tem 46% das intenções de voto contra 44% de Dilma.

No fim de agosto, a ex-ministra tinha dez pontos percentuais a mais que a presidente — 50% contra 40%.

Desde então, a distância entre elas vem diminuindo. Essa redução denota que teve efeito a campanha do medo encampada pelo PT na tentativa de desconstruir a imagem de Marina na propaganda de TV.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista vence o tucano por 49% a 39%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral como BR-00665/2014.