NOTÍCIAS
16/09/2014 22:28 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Levy Fidelix adota discurso de Pastor Everaldo a favor do modelo tradicional de família: 'Legalizar união homoafetiva é terrível'

Montagem/Estadão Conteúdo

Pela primeira vez em um debate presidencial nestas eleições, o candidato Levy Fidelix (PRTB) falou sobre sua posição sobre a união de pessoas do mesmo sexo.

Defensor de valores tradicionais, ele defendeu que a família é "indissolúvel", mas apenas no formato homem-mulher. É a mesma bandeira do presidenciável Pastor Everaldo (PSC).

"Permitir em lei a união homoafetiva destrói, sim, a família", disparou. "Isso é terrível."

A declaração foi feita nesta terça-feira (16) no debate da TV Aparecida, organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Ele também criticou a recorrência de temáticas e personagens gays na televisão brasileira. Neste ano, o beijo gay da novela 'Amor à Vida' foi bastante celebrado por ser o primeiro de dois homens exibidos pela TV Globo.

"Vislumbro que atualmente os meios de comunicação estão destruindo as famílias por causa dos maus exemplos", disse.

Para Fidelix, a família unida dentro da religião pode ser exemplo para todos que a cercam.

LEIA MAIS:

- Dilma cai, Marina oscila para baixo e Aécio avança, diz nova pesquisa eleitoral do Ibope

- Magoado, Levy Fidelix ataca jornalista Kennedy Alencar: 'você é da mídia vendida'