NOTÍCIAS
16/09/2014 18:15 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Candidata à presidência Luciana Genro (PSOL) manda Danilo Gentili 'estudar mais' sobre comunismo (VÍDEO)

A presidenciável Luciana Genro (PSOL) causou polêmica ao dizer que o apresentador do programa The Noite, Danilo Gentili, deveria estudar mais sobre comunismo e socialismo.

No programa, que foi ao ar na noite de segunda (15), o apresentador disse que “lugares horríveis, como China, Cuba e Coreia do Norte seguiam Marx”. Luciana rebateu dizendo que nesses locais as pessoas não seguiam o pensador e disse que Gentili prefere o sistema capitalista porque está em uma situação privilegiada.

“Se tu tivesse na ocupação que visitei hoje, morando em um barraco, tu ia achar que ele fracassou também”, afirmou a candidata.

“Eu ia é estar sendo fuzilado se fosse comunista!”, retrucou Gentilli

“Isso não é comunismo, Danilo. Se tu estudasse um pouco mais ia conhecer o assunto”, finalizou a presidenciável.

A entrevista dividiu opiniões nas redes sociais:

Descriminalização das drogas e black blocs

No programa, Luciana voltou a defender a descriminalização da maconha e a regulamentação do mercado da droga. E confessou que já fumou quando era jovem.

"Usei ilegais na adolescência, mas depois que fui eleita deputada, com 23 anos, achei que não poderia mais. Como parlamentar eu não poderia me envolver com negócios ilícitos. Mas não escondo, fumei maconha quando era jovem”, declarou.

LEIA MAIS:

- Luciana Genro apelida Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves de 'três irmãos siameses'

- Luciana Genro dispara para todos os lados: 'turma de Dirceu', 'privataria tucana' e 'nova política com banqueira'

A presidenciável também foi questionada sobre a suposto 'apoio' de alguns membros do PSOL em relação às táticas dos black blocs.

“Primeiro, nem o PSOL nem nenhuma outra liderança defendeu os black blocs. Dá uma 'googlada' que você encontra declarações nossas dizendo que não concordamos com violência”, rebateu.