LGBT
03/09/2014 22:04 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Após adotar quatro crianças, casal gay ganha direito a 'licença-paternidade'

Reprodução/Facebook

Mais uma conquista bacana para famílias formadas por casais homossexuais!

O auditor da Receita Federal Rogério Koscheck conquistou, após decisão judicial, o direito de tirar "licença-paternidade" de seu trabalho para cuidar dos filhos recém-adotados com o companheiro Weykman Padinho.

Como informa o jornal O Globo, Koscheck e Padinho adotaram quatro irmãos, com idades entre 7 meses e 11 anos. Três deles são portadores do vírus HIV.

Primeiro, o servidor público tentou pedir a licença direto com seu empregador, a Receita Federal, como qualquer pessoa faz. O órgão negou.

Assim, Koscheck entrou com um mandado de segurança, e o pedido foi acatado pelo juiz. Agora, ele poderá ficar 90 dias afastado do trabalho para se dedicar à adaptação dos filhos ao novo lar.

Há cerca de um ano, Dilma Roussef sancionou a lei 12.873. A norma estende a licença, antes limitada a mães, também a pais. Assim, pela letra da lei, casais gays também podem tirar "licença-paternidade".

Leia a reportagem completa no jornal O Globo.