NOTÍCIAS
01/09/2014 10:17 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Caetano Veloso e Gilberto Gil reafirmam apoio a Marina Silva em 2014

Kevin Winter/Getty Images

Os compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil voltaram a declarar apoio à candidatura de Marina Silva (PSB) na eleição presidencial de 2014. A dupla já havia apoiado a ex-ministra do Meio Ambiente em 2010, quando ela disputou o Palácio do Planalto pelo PV.No sábado, 30, Caetano postou em seu perfil oficial no Facebook um longo depoimento no qual ressalta o fato de que a vitória de Marina representaria a "chegada de evidentes fenótipos negros no posto da Presidência da República. Isso não é pouco", diz o cantor.

No texto, ele também destacou "o tom digno" com que Marina vem defendendo os legados de FHC e Lula e como ela tem seguido sua "coerência interna".

"Vou votar em Marina como votei em Lula em 2002. E, mais, como votei em Marina em 2010", escreveu o músico baiano. "Agora, vejo o momento Marina. Irresistível. Cheio de promessas e insinuações. É a sociedade brasileira se movimentando para crescer com dores suportáveis. O que está à nossa frente é a nossa respeitabilidade como nação. Recusar isso seria estar cego para toda luz", concluiu Caetano.

O depoimento foi até reproduzido no perfil oficial da candidata com uma foto em que Caetano aparece ao lado da ex-ministra.

LEIA TAMBÉM

Revisão de política LGBT por Marina gera críticas de pastor e opositores

Gilberto Gil, por sua vez, reiterou seu apoio a Marina quando questionado sobre o vídeo que circula nas redes sociais desde quinta-feira, 28, com uma compilação de depoimentos de artistas favoráveis a ela. 'Fraudulento'

Responsáveis pela imagem da ex-ministra chegaram a rechaçar na semana passada o vídeo que foi publicado por um perfil não ligado à campanha de Marina. Por meio de nota, a coligação Unidos pelo Brasil chamou a montagem de "tosca e fraudulenta"."Expediente dessa ordem contraria os princípios éticos que caracterizam a candidata Marina Silva e os partidos que integram nossa coligação", afirmava a nota da campanha do PSB. A coligação disse ainda que vai acionar a Justiça para identificar os responsáveis.

LEIA TAMBÉM

ASSISTA: apoio de Lula a uma Marina esquenta disputa entre PSB e PT

Independentemente do episódio, Gilberto Gil confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que viu o vídeo e que sabia que iriam usar sua imagem. Ele permitiu o uso e já declarou que seu voto será em Marina Silva. Outro que apoiou a ex-ministra em 2010 e vem se mantendo como entusiasta da candidata é Marcos Palmeira, que chegou a se filiar ao PSB no ano passado. Na ocasião, ele afirmou ser um "ato simbólico" de apoio à Rede, sigla que Marina tentou criar, sem sucesso.A página de campanha da ex-ministra mantém 17 vídeos, todos com depoimentos feitos por famosos ou intelectuais em apoio a Marina em 2010. Nos vídeos aparecem o logo do PV e o de Marina na época. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LEIA TAMBÉM

Filha de Chico Mendes declara voto em Dilma e critica Marina: enorme ponto de interrogação