NOTÍCIAS
24/08/2014 10:18 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Brasil derrota Japão e conquista 10º título do Grand Prix

Divulgação/Fivb

A seleção brasileira feminina de vôlei conquistou neste domingo o 10º título do Grand Prix.

Mesmo jogando com a torcida contra, em Tóquio, a equipe do técnico José Roberto Guimarães teve menos dificuldade do que esperava e derrotou o Japão por 3 sets a 0, (25/15, 25/18 e 27/2).

O Brasil entrou em quadra atrás do time japonês na classificação e precisava vencer o jogo por 3 a 0 ou 3 a 1 para superar as rivais na tabela e ficar com o troféu.

Com o resultado, a seleção de Zé Roberto chegou aos 13 pontos, superando os 12 do time anfitrião. A Rússia ficou em terceiro lugar.

O fácil triunfo coroou a grande campanha das brasileiras neste Grand Prix. Em 14 jogos disputados, sofreu apenas uma derrota, já na fase final, diante da Turquia.

Depois acumulou quatro vitórias consecutivas e arrasou os adversários, mantendo as chances de título até esta última rodada do hexagonal final do torneio. Agora, as brasileiras acumulam 10 conquistas da competição - venceu também em 1994, 96, 98, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009 e 2013.

Neste domingo, a ponteira Sheilla foi a maior pontuadora da partida, com 16 pontos. Fabiana contribuiu com 10 e Jaqueline, com 9.

Antes do confronto decisivo, Zé Roberto e suas comandadas projetavam uma partida duríssima, em razão da regularidade e da forte defesa japonesa.

Mas as anfitriãs mal conseguiram parar o motivado ataque do Brasil. Escalado com Dani Lins, Sheilla, Fernanda Garay, Jaqueline, Thaísa e Fabiana, além da líbero Camila Brait, o time brasileiro começou na frente no set inicial.

E a vantagem de três pontos no início logo se ampliou e alcançou dez pontos no final da parcial.

O segundo set não mudou o panorama do jogo. As brasileiras seguiam melhor, fazendo 5/1 e depois 11/06. As japonesas reagiram com bons saques da ponteira Saori Kimura.

Mas não passou disso. O Brasil logo reabriu boa vantagem até fechar em 25/18. A terceira parcial foi marcada pelas reviravoltas no placar. O Japão liderou o placar pela primeira vez logo no início, com 4/2.

O Brasil, contudo, virou ao fazer 6/5. Mas as japonesas reagiram novamente e fizeram 10/07. As brasileiras, então, marcaram 17/14 e, depois de um empate das rivais, assumiram novamente a liderança. Mas sofreram nos últimos pontos até fechar o set e o campeonato.

O novo título dá novo fôlego às campeãs olímpicas às vésperas do Mundial, que será disputado entre 23 de setembro e 12 de outubro, na Itália.

(Com Estadão Conteúdo)

via: