NOTÍCIAS
14/08/2014 15:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Sua piscina tem cheiro ruim? Saiba o que faz a água ficar com aquele cheiro de cloro

A pergunta: eu realmente tenho de tomar banho antes de cair na piscina?

A resposta: Aquela placa no vestiário não é uma mera sugestão. Muito pouca gente deixe de tomar aquela ducha depois de nadar (para tirar aquele cheirinho ruim de cloro), mas nós poderíamos prestar mais atenção nas regras pré-piscina.

"Se não nos banharmos antes de entrar na água, vamos carregar para lá o que quer que esteja em nossa pele", diz Michele Hlavsa, epidemiologista e chefe de Prevenção de Doenças Transmissíveis pela Água do CDC.

Isso inclui a gordura natural da pele, suor, maquiagem, produtos de cuidado pessoal, xixi e... sim, matéria fecal.

cesar cielo

#eita

Todos esses materiais têm uma coisa em comum, diz Hlavsa: nitrogênio.

Quando o nitrogênio se mistura ao cloro na piscina, substâncias químicas chamadas cloraminas se formam, o que é problemático por duas razões.

O primeiro problema é que parte do superimportante cloro fica preso nas cloraminas, em vez de nos proteger dos germes da piscina. O cloro ainda consegue matar a maior parte dos germes, graças a Deus. Mas os sobreviventes, quando engolidos ou inalados enquanto a gente nada, fazem cerca de 10.000 americanos ficarem doentes anualmente, diz o LiveScience.

A segunda causa de preocupação é que as cloraminas são o que fazem as piscinas cheirarem como... bem, uma piscina. "Uma boa piscina saudável não tem cheiro", diz Hlavsa, a despeito do que muitos de nós gostaríamos de acreditar.

Aquele cheiro, quase sempre atribuído a uma piscina limpa é, na verdade, fruto das cloraminas, que também são responsáveis por fazerem nossos olhos ficarem vermelhos quando nadamos.

Acredita-se que os irritantes também causam ataques de asma e podem até irritar a pele, diz Hlavsa.

E a gente colocando a culpa no cloro durante esse tempo todo! É preciso lembrar que o famoso limpador ganhou fama por causa da sua habilidade de prevenir a disseminação do pólio. De acordo com Hlavsa, os pesquisadores continuam a debater os riscos de cloraminas, especialmente porque eles podem estar relacionados à asma, bem como os riscos de outras reações químicas entre o cloro e a porquice que nós acrescentamos à mistura.

"Esquecemos como o cloro é importante em manter a gente seguro dos germes na água", diz ela. "Temos de lembrar que é realmente importante tomar banho antes de entrar na piscina, pra que nós mantenhamos o cloro na água e ele mate os germes".

Embora dar uma boa esfregada no corpo com sabão, enxaguar e repetir ainda é a melhor aposta, um estudo holandês de 2012 concluiu que mesmo uma ducha de 60 segundos já ajuda. Ainda assim, lembre-se, na próxima vez que ficar com preguiça de se lavar antes de mergulhar que "tudo que sai do nosso corpo nós dividimos com outros banhistas", como diz Hlavsa. "Em alguns aspectos, é como entrar em um grande banho de banheira coletivo".