NOTÍCIAS
13/08/2014 15:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

Morte de Eduardo Campos: imprensa estrangeira repercute falecimento do candidato à presidência

Brazil Photo Press/CON via Getty Images
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - JULY 13: Governor of Pernambuco and national PSB President, Eduardo Campos, participates in the national meeting of activists and lawmakers from PSB, at Municipal Club on July 13, 2013 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Marcelo Fonseca/Brazil Photo Press/LatinContent/Getty Images)

O falecimento de Eduardo Campos, político pernambucano que se candidatava ao cargo de presidente pelo PSB repercutiu também fora do país.

O site da britânica BBC destacou a fala do vice-presidente, Michel Temer, que falava que "Eduardo era um político com princípios e valores".

O também britânico The Guardian preferiu dar destaque ao luto de Dilma Rousseff e Aécio Neves e tratar da importância política de Marina com a morte do então candidato da chapa.

O Financial Times colocou em perspectiva as mudanças que acontecem no campo político com a morte de Campos e a possível aliança que alguns analistas imaginavam acontecer com Aécio Neves, caso Dilma e o candidato tucano seguissem para o segundo turno. CNN e Wall Street Journal deram detalhes do acidente e um breve obituário de Campos.

O espanhol El País trouxe informações a respeito do acidente de avião e optou por um breve obituário, enquanto o francês Le Monde destacou os três dias de luto e a interrupção na campanha decretados pela presidente Dilma Rousseff.