NOTÍCIAS
12/08/2014 22:10 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:52 -02

#SabeDeNadaDudu e outras conversas do Twitter sobre Eduardo Campos durante a entrevista no Jornal Nacional

Reprodução/Globo

O candidato à presidência pelo PSB, Eduardo Campos, foi o entrevistado da noite desta terça (12) no Jornal Nacional. Como sempre, o Twitter foi uma insanidade de comentários, memes e zueiras de todos os tipos. Algumas orquestradas, e outras completamente espontâneas da rede.

#SabeDeNadaDudu

Como aconteceu com Aécio na segunda, um perfil ligado ao PT atacou o adversário de Dilma começando um tópico de conversa com a tag #SabeNadaDudu. As mensagens, ora eram ataques mostrando as contradições na fala do candidato do PSB, ora repercutiam dados dos governos Lula e Dilma com supostas conquistas do governo petista.

Apesar da tentativa, diferentemente do #DesconstruindoAécioNoJN que viajou para a fora da rede do perfil que iniciou a tag, os tweets relacionados a #SabeDeNadaDudu ficaram restritos a rede do MudaMais, com seguidores da conta sendo os principais propagadores dos conteúdos ligados ao site petista.

Tópicos de conversa

Entre os tópicos mais falados no Twitter durante a entrevista, os principais momentos de conversa se deveram a quatro pontos: dúvidas quanto a coerência na aliança Campos-Marina, a habilidade já tipica dos políticos de se enrolar as respostas, uma pergunta relacionada ao suposto nepotismo de Campos e a postura dos apresentadores Patrícia Poeta e William Bonner durante a entrevista, julgada pelos tuiteiros como bastante "enfática".

Saiba mais sobre a entrevista: Campos fala em '7 a 1 no governo Dilma' e ouve questões sobre sua mãe

Apoio dos cabos eleitorais

O perfil oficial de Eduardo Campos ditou a tag, e Marina Silva seguiu como a principal propagadora de mensagens com #EduardoNoJN. Contas dos seguidores e cabos eleitorais da chapa de terceira via nestas eleições fizeram elogios ao desempenho do candidato.

Legendas da zueira

Tuitada pelo perfil RealitySocial, uma foto se destacou diante das demais durante a entrevista.

Apesar dos poucos retweets da mensagem original, uma brincadeira de criar legendas absurdas começou na rede, e várias mensagens divertidas tomaram conta da timeline da galera.