NOTÍCIAS
11/08/2014 15:10 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:47 -02

Candidato ao governo de São Paulo, Paulo Skaf usa "Lepo Lepo" para criticar falta de água no estado (VÍDEO)

Fabricio Bomjardim/Futura Press/Estadão Conteúdo

Candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB, Paulo Skaf publicou vídeo nas redes sociais em que usa a música "Lepo Lepo" para provocar seu opositor, Geraldo Alckmin (PSDB).

No vídeo de um minuto, Skaf atribuiu ao PSDB a responsabilidade pela crise de abastecimento de água no estado de São Paulo. "O culpado de verdade já está aí há 12 anos e não soube resolver", diz a paródia. A nova versão da música também defende que a gestão dos recursos hídricos terá solução se ele ganhar as eleições. "Cansei de lero e de promessa. Eu quero Skaf pra fazer direito. Eu quero Skaf, Skaf, Skaf. Eu tenho pressa", diz a letra.

Em seus perfis no Twitter e no Facebook, Skaf diz que esse é o primeiro de uma sequência de vídeos sobre os problemas de São Paulo. Resta saber se os próximos também serão inspirados em musicas populares. A música "Lepo Lepo", do grupo baiano MP7 virou hit do carnaval este ano.

Em sabatina do jornal O Estado de S. Paulo na sexta-feira (8), o candidato do PMDB declarou que o estado enfrenta racionamento de água, mas disse que a crise de abastecimento de água não deveria ser usada como moeda política. "O que precisamos agora é colaborar com o governo. Então, me coloco à disposição do governo de São Paulo para ajudar a sociedade, porque o governo erro, mas não é hora de brincar e utilizar de maneira eleitoreira a crise de água", afirmou.

Piadas recorrentes

Não é a primeira vez que o candidato usa hits da música popular em sua campanha. No último dia 28, Skaf publicou vídeo com a frase "sabe de nada, inocente" para dizer que não apoiaria Dilma Rousseff (PT). O bordão ficou popular após ser usado em propaganda com participantes do grupo É o Tchan.

A campanha de Skaf é comandada pelo publicitário Duda Mendonça, que elegeu Lula em 2002 com o mote "Lula Paz e Amor".

PT também ataca

O presidente do PT em São Paulo e coordenador da campanha do partido ao governo estadual, Emídio de Souza, também usou a crise hídrica para alfinetar o PSDB.

Em seu perfil no Twitter, Emídio postou foto com os psdbistas Aécio Neves, Geraldo Alckmin, José Serra e Fernando Henrique Cardoso, além da dona da cafeteria Coffee Lab, Isabela Raposeiras, com baldes na cabeça, sugerindo que este seria a nova modalidade de distribuição de água no estado. No último dia 29, a empresária reclamou nas redes sociais da falta de água em São Paulo.

LEIA MAIS

- Candidato do PMDB, Paulo Skaf, usa bordão da web para falar de apoio à Dilma Rousseff (VÍDEO)

- Candidato ao governo de SP, Paulo Skaf classifica Alckmin de 'bonzinho' e promete endurecer com manifestantes e grevistas