MUNDO
03/08/2014 13:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Ban Ki-moon: Ataque contra escola é um ato criminoso

Spencer Platt via Getty Images
NEW YORK, NY - JULY 28: UN Secretary General Ban Ki-moon speaks to the media at the United Nations on July 28, 2014 in New York City. The Secretary General urged for an end to hostilities in Gaza after returning from a diplomatic trip to the region. Over 1,030 Palestinians, the majority whom are civilians, and 43 Israeli soldiers and two Israeli civilians have been killed in the conflict thus far. (Photo by Spencer Platt/Getty Images)

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse que o ataque que matou 10 pessoas em uma escola da organização na Faixa de Gaza é um "ultraje moral e um ato criminoso".

Ban afirmou que o ataque deste domingo "é mais uma violação flagrante do direito internacional humanitário, o que exige claramente a proteção vinda de ambas as partes de civis palestinos, funcionários e instalações da ONU, entre outras instalações civis".

Em um comunicado, o chefe da ONU disse que o ataque "deve ser rapidamente investigado e os responsáveis responsabilizados. É um ultraje moral e um ato criminoso".

(Fonte: Associated Press)

Invasão israelense em Gaza