MULHERES
31/07/2014 11:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Mulheres turcas protestam nas redes sociais contra declaração machista de ministro (FOTOS)

"Para proteger os valores morais, mulheres turcas não devem sorrir em público", discursou Bulent Arinc, vice primeiro-ministro da Turquia, nesta segunda (28).

O que as turcas fizeram em relação a isso? Sorriram.

Já são mais de 300 mil tweets com moças felizes e risonhas de todo o mundo gargalhando contra a declaração machista. Acompanhe as fotos na hashtag #kahkaha - a palavra é a tradução turca de "riso".

O primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan, também já provocou uma reação parecida das mulheres em 2012. Mulheres postaram fotos de suas barrigas com a frase escrita "meu corpo, minha decisão" depois que o chefe de Estado comparou aborto a assassinato.

A oposição acusa o governo de Erdogan de crescente autoritarismo e intromissão na vida das pessoas.

Em seu Twitter, o candidato da oposição Ekmeleddin Ihsanoglu respondeu "Nosso pais precisa, mais do que nunca, de que nossas mulheres riam e que escutemos a gargalhada alegre de todos".

(Com agências de notícias)