NOTÍCIAS
22/07/2014 17:42 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Justiça de São Paulo libera reabertura do campus da Usp Leste

SÉRGIO CASTRO / Estadão Conteúdo

Interditado desde janeiro por conta de uma contaminação de solo, o campus da Usp Leste teve suas atividades liberadas nesta terça-feira (22), pela Justiça de São Paulo.

A decisão judicial ocorreu depois de um relatório da Cetesb apontar que é apenas potencial o risco a população e que estão sendo instalados sistema de extração do gás metano - a presença da substância explosível era um dos mais graves problemas da unidade.

Apesar da decisão da Justiça, a Cetesb ainda afirma ser necessário serem tomadas medidas complementares, como uma maior investigação sobre a situação do solo. A interdição da unidade se deu justamente por conta da presença de gás metano no solo – cerca de 5 mil alunos tiveram aulas em locais provisórios, durante a interdição, nas zonas leste e oeste.

A reabertura do campus foi possibilitada, segundo a Cetesb, órgão de controle ambiental do Estado, por conta da instalação de dutos de extração do gás (em fase final) e a colocação de grama na terra contaminada e de tapumes que isolam parte da área do campus.

A Cetesb já havia recomendado a desinterdição do campus no início do ano, mas a Justiça exigiu melhorias, realizadas somente agora.