NOTÍCIAS
17/07/2014 20:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Com 54% das intenções de voto, Alckmin seria eleito no 1º turno, aponta Datafolha

ALE VIANNA/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Pesquisa do Datafolha divulgada nesta quinta-feira (17) apontou ascensão de Geraldo Alckmin na corrida pelo Palácio do Planalto. O atual governador de São Paulo, que tenta a reeleição, conta com 54% das intenções de voto, sete pontos percentuais a mais do alcançado no início de junho, o que garantiria sua eleição no primeiro turno caso o pleito fosse realizado hoje - a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

A subida de Alckmin na pesquisa é embasada pelo fato da avaliação de seu governo também ter melhorado: 46% avaliam positivamente sua gestão no Governo do Estado de São Paulo, ante 41% registrado na pesquisa anterior.

Em segundo lugar na pesquisa Datafolha aparece o candidato Paulo Skaf, presidente licenciado da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), do PMDB, com 16%, cinco pontos abaixo do registrado no levantamento anterior. Já Alexandre Padilha, do PT, se manteve com apenas 4%.

Entre os candidatos com maior rejeição, aparecem, pela ordem, Padilha (26%), Skaf (20%) e Alckmin (19%). A pesquisa foi realizada na terça (15) e na quarta-feira (16), com 1.978 entrevistas em 55 municípios.

Intenção de voto para governador, em %

Geraldo Alckmin (PSDB) – 54

Paulo Skaf (PMDB) – 16

Alexandre Padilha (PT) – 4

Gilberto Natalini (PV) – 1

Laércio Benko (PHS) – 1

Wagner Farias (PCB) – 1

Raimundo Sena (PCO) – 1

Gilberto Maringoni (PSOL) – menos de 1

Walter Ciglioni (PRTB) – menos de 1

Branco/Nulo/Nenhum – 13

Não sabe – 10