NOTÍCIAS
15/07/2014 14:13 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Voto em trânsito: eleitor pode votar mesmo se estiver viajando no dia da eleição

DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

O brasileiro que estiver viajando, fora de seu domicílio eleitoral, poderá votar para presidente e vice-presidente, nos dias do primeiro e segundo turno das eleições.

Para isso, é necessário habilitar-se para o voto em trânsito.

Até o dia 21 de agosto, o eleitor deve ir ao cartório eleitoral ou Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para efetuar o procedimento.

Ele deve estar quite com a Justiça Eleitoral, precisa apresentar documento oficial com foto e apontar a cidade onde estará no dia da votação.

No momento em que estiver cadastrado para o voto em trânsito, o eleitor não poderá mais votar na seção eleitoral de origem.

No total, 92 cidades brasileiras terão postos para voto em trânsito, incluindo todas as capitais.

Essa modalidade de voto só permite votar para presidente e vice e não para governador, senador e deputados.

Quem não conseguir votar nem habilitar-se para o voto em trânsito deve justificar a ausência às urnas.

Para mais informações, os números do Disque-Eleitor são: (61) 3030-8700 e 0800-648-0005.

O atendimento é feito das 8h às 20h.

Apenas a ligação para o 0800 é gratuita.

LEIA MAIS:

- Eleições 2014: O que você precisa levar para votar em outubro

- Eleições 2014: Onde o eleitor deve votar em outubro