NOTÍCIAS
15/07/2014 10:15 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Quatro candidaturas à Presidência são barradas pelo Ministério Público Eleitoral

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

As candidaturas de quatro candidatos à Presidência da República foram contestadas e barradas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Segundo o G1, as chapas de José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Mauro Iasi (PCB) foram os alvos dos procuradores.

Os problemas nos registros repousariam na ausência de documentos obrigatórios, como as certidões criminais obrigatórias. As candidaturas dos presidenciáveis só serão liberadas após a apresentação de toda a papelada, em um prazo de até sete dias, contadas a partir da notificação dos candidatos.

Vale lembrar que, após 10 mil registros analisados pelo MPE, 414 candidaturas para as eleições de outubro acabaram impugnadas, sendo que 198 foram enquadradas na Lei da Ficha Limpa.