NOTÍCIAS
13/07/2014 14:05 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

"Obrigado Brasil": seleção alemã agradece brasileiros. Menos a ex de Caetano Veloso (VÍDEO)

Reprodução/Facebook

Que muitos brasileiros vão torcer para a Alemanha na decisão deste domingo (13) da Copa do Mundo, contra a Argentina no Maracanã, isso não é segredo. Mas não é só pela rivalidade com os hermanos. Houve é muita identificação com os germânicos.

A impressão genérica – e errada – de serem “frios” definitivamente caiu por terra com a seleção alemã que disputou o Mundial no Brasil. E a satisfação é mútua, como bem postou a página da federação alemã de futebol na manhã deste domingo no Facebook.


“Obrigado a todos os brasileiros pela hospitalidade, gentileza, pelo carinho e pela simpatia!!!! Independente do resultado da final esta Copa vai ficar inesquecível nos nossos corações – especialmente por causa de vocês!!!!”, diz a mensagem.

Talvez a única pessoa no Brasil a quem a mensagem não valha seja Paula Lavigne, ex-mulher e empresária de Caetano Veloso. Foi dela a “brilhante ideia” de criticar os alemães pelo uso da música Tieta em um dos seus vídeos bem humorados, antes da surra que viriam a aplicar na Seleção Brasileira.

A página da empresária no Facebook já recebeu uma enxurrada de críticas após o incidente. Com classe de sobra, os alemães retiraram o vídeo da sua página oficial, mas você que ainda não viu a divertida montagem ainda encontra o material no YouTube.

Coisas assim, diga-se, o próprio Caetano Veloso já criticou – e virou daquelas passagens clássicas em assuntos polêmicos e que gerem algum tipo de ‘revolta popular’.

Estamos sendo irônicos apenas, tá legal? E que vença o melhor neste domingo no Maracanã (se for a Alemanha, já dá para ir ensaiando aquele grito clássico deles “Deutschland vor, noch ein Tor 1!”).