NOTÍCIAS
07/07/2014 11:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Brasil x Alemanha: mexicano que não expulsou Suárez será juiz de próximo jogo da Seleção

AP

O juiz que não viu a mordida de Suárez em Chiellini, na vitória do Uruguai sobre a Inglaterra, será o árbitro da partida entre Brasil e Alemanha, no Mineirão, nesta terça-feira, na partida que irá determinar o primeiro finalista da Copa do Mundo. O mexicano Marco Rodríguez teve uma atuação controversa na partida que determinou a eliminação italiana na Copa, sendo duramente criticado na ocasião pelo treinador da Itália, Cesare Prandelli, e pela mídia italiana.

Na duelo entre italianos e uruguaios, além de não ter expulsado Suárez, Rodriguez deu um cartão vermelho direto para o meia Marchisio, que ainda não tinha cartão amarelo na partida, em um lance ríspido do italiano no meio de campo. "O futebol é maravilhoso quando dois times mostram disposição para jogar. A partida mostrou que uma expulsão injusta levou à desclassificação da Itália", afirmou Prandelli, contrariado, após a partida.

Suárez, por sua vez, só foi punido depois do Comitê Disciplinar da Fifa analisar o vídeo do lance. A consequência da agressão foi dura para o uruguaio: suspensão de nove jogos oficiais pela seleção do Uruguai e a proibição de exercer a profissão de jogador de futebol por quatro meses.

O mexicano, além da partida polêmica, também atuou na vitória da Bélgica sobre a Argélia por 2 a 1 nesta Copa.

Lances polêmicos da Copa 2014