NOTÍCIAS
04/07/2014 13:30 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

FIFA: "Rejeitamos todo tipo de discriminação"

Clive Rose/Getty Images Sport

Tão esperado quanto os jogos da Copa do Mundo são as execuções dos hinos nacionais das seleções.

Nessa sexta-feira, 4 de julho, no Maracanã, antes do início da música oficial de França e Alemanha, os capitães Lloris e Lahm mandaram um recado em suas respectivas línguas: “Rejeitamos todo tipo de discriminação”.

Depois de lerem a mensagem, os 22 jogadores posaram com o trio de arbitragem e seguraram uma faixa com os dizeres: “FIFA #SayNoToRacism”.

A ação deve se repetir em todas as demais partidas das quartas de final dessa Copa do Mundo, inclusive, no jogo de logo mais entre Brasil e Colômbia no Estádio Castelão, em Fortaleza, Ceará.