NOTÍCIAS
01/07/2014 11:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Vovó carioca ‘denuncia' que o hexa da Seleção Brasileira está a serviço dos comunistas (VÍDEO)

Não é segredo que ninguém aguenta mais aquele famoso cântico “Eu, sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor” que aparece a cada jogo do Brasil nesta Copa do Mundo. Se o torcedor já está de saco cheio e pede mais criatividade, o motivo que desagrada uma senhora de 70 anos no Rio de Janeiro é outro.

Identificada como Vera Britto, ela diz que não aguenta a canção por outras razões, dentre as quais está o fato dela servir de incentivo a uma Seleção Brasileira que, bem, estaria se prestando a um “papel obscuro”.

“Agora, pra torcer ‘eu sou brasileiro’ porque torço por uma, por uma Seleção Brasileira pra favorecer essa corja que está aí, que está mamando, sugando tudo desse País? E ainda quer tirar tudo que todo mundo tem?”, afirma, aos berros, enquanto a neta filma todo o seu desabafo.

Ela não para por aí não. A vovó ainda garante que o PT, partido da presidente Dilma Rousseff, quer “acabar com a propriedade privada”. “Sabe para eles estão querendo desapropriar tudo? Para criar um soviete, os conselhos e esses lugares serão exatamente para essas pessoas, essas lideranças de falsos movimentos sociais, entre eles o MST. Os comunistas! Comunistas!”.

Soviete, para quem não se lembra, era o colegiado constituído da classe trabalhadora no início do século passado na Rússia, e que também vigoraram na União Soviética. Na visão dela, é exatamente o que o governo federal quer criar com a lei 8.423, que institui a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS) – temas que, aliás, já deram pano pra manga e até fizeram o governo recuar.

“Quando comecei a contar isso, acharam ‘ah, é maluca’”, lamenta, sem deixar de alardear que, sim, a ameaça comunista está entre nós. Notem que até o jornalista Leonardo Sakamoto abordou, na semana passada, esse chamado “Plano para a Implementação do Comunismo no Brasil”. Pode ser que seja disso que ela esteja falando - se for, Sakamoto não perdeu a chance de irritar 'reaças' e tirar sarro dos que nisso acreditam.

Mas, em meio às argumentações que também dividem opiniões na área de comentários do vídeo no YouTube (veja abaixo) – sim, há quem veja exatamente o cenário que a vovó nos aponta, em tom visionário –, deixamos a melhor ponderação dela para o final. “Eu tenho pouco tempo de vida, principalmente com o meu temperamento sanguíneo”.

comentariosyt

Teve de tudo nos comentários deste vídeo. Tire suas conclusões (Reprodução/YouTube)

Ah, e a senhora em questão já foi procurada pela reportagem do Brasil Post, que queria saber mais detalhes dos argumentos apresentados, mas não houve retorno até a publicação. É, temos mesmo a 'Copa das Copas" até fora de campo, seja no mundo das conspirações ou do humor gratuito.