NOTÍCIAS
01/07/2014 11:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Israel lança ataque aéreo contra Gaza após encontrar corpos de jovens desaparecidos

SAID KHATIB via Getty Images
A ball of fire is seen following an Israel airstrike in Rafah, southern Gaza, on July 1, 2014. Israeli warplanes launched in the early morning hours of Tuesday, dozens of airstrikes on different targets in the Gaza Strip, including sites belonging to Hamas and Islamic Jihad. No casualties were reported, a Palestinian security official said. AFP PHOTO / SAID KHATIB (Photo credit should read SAID KHATIB/AFP/Getty Images)

Israel bombardeou dezenas de locais na Faixa de Gaza nesta terça-feira, atacando alvos do Hamas depois da descoberta dos corpos de três adolescentes cujo sequestro e morte o país atribuiu ao grupo militante palestino.

O gabinete da área de segurança de Israel, que manteve uma reunião de emergência na noite de segunda-feira e iria reunir-se na manhã desta terça novamente, ficou dividido sobre a escala de uma nova investida contra o território costeiro e a Cisjordânia, sob ocupação de Israel.

Saiba mais: Israel e os territórios palestinos estão à beira de uma nova onda de violência

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu prometeu que o Hamas iria pagar pelas mortes dos três estudantes seminaristas judeus, encontrados na segunda-feira sob uma pilha de pedras perto da cidade de Hebron, na Cisjordânia.

Autoridades militares disseram que a força aérea atacou 34 locais, na maioria pertencentes ao Hamas, embora o comunicado não relacione os bombardeios com os sequestros. Equipes médicas palestinas disseram que duas pessoas ficaram levemente feridas.

Em vez de citar o caso dos jovens sequestrados, os militares israelenses mencionaram os 18 foguetes lançados pelos palestinos nos últimos dois dias contra Israel como a causa da ofensiva, já que as autoridades do país atribuíram os disparos ao Hamas.