NOTÍCIAS
29/06/2014 19:55 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

Jogadores da Grécia abrem mão do prêmio pela classificação às oitavas de final da Copa 2014

Laurence Griffiths/Getty Images Sport

Os jogadores gregos mostraram que não jogam só por dinheiro. A premiação garantida pela Fifa pela classificação da seleção às oitavas-de-final será destinada a construção de um Centro de Treinamentos para ajudar o desenvolvimento do futebol no país, que vive uma grave crise econômica. Dos 23 convocados pela Grécia para a Copa 2014, nove atuam no futebol local.

Confira a tradução da carta enviada pelos jogadores ao 1º ministro Antonis Samaras. As informações são do site Trivela. “Nós não queremos premiação extra ou dinheiro. Nós apenas jogamos pela Grécia e por esse povo. Tudo o que queremos de vocês é que apoiem o nosso esforço para achar um terreno e construir um centro de treinamentos que se torne casa da seleção grega”. Antonis Samaras garantiu que o pedido será atendido.

A atitude dos jogadores da Grécia vai à contramão dos episódios que envolveram as seleções de Camarões, Gana e Nigéria nos últimos dias. Os jogadores dos três países ameaçaram não entrar em campo caso o “bicho” pela classificação nas Eliminatórias da Copa não fosse quitado.

No entanto, outra seleção africana fez bonito nessa Copa do Mundo (pelo menos fora de campo). Drogba “passou o boné” entre os jogadores da Costa do Marfim. A caixinha totalizou cerca de R$ 10 mil e o valor foi distribuído entre os funcionários do resort em Águas de Lindoia (interior de SP), onde a seleção esteve hospedada.