NOTÍCIAS
19/06/2014 09:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Felipe VI é proclamado rei da Espanha após abdicação do pai, Juan Carlos I

Andrea Comas/Reuters

Felipe VI, filho de Juan Carlos I, foi proclamado rei da Espanha em uma cerimônia formal no Parlamento do país nesta quinta-feira (19).

O novo monarca fez um juramento de fidelidade aos princípios democráticos diante de senadores e legisladores, que gritaram "Viva el Rey!".

Leia também: Entenda a abdicação do rei da Espanha e o que isso tem a ver com a crise

Apesar das coroas do século 17 e 18 serem exibidas ao lado do monarca, a cerimônia não foi opulenta: foi escolhida uma solenidade simples com vista nos problemas econômicos do país e nas críticas à monarquia após uma série de escândalos.

Mesmo assim, havia uma multidão animada de espanhóis diante do prédio, com ambulantes vendendo bandeiras espanholas a seis euros. Foi uma distração bem-vinda para muitos depois da chocante derrota da seleção espanhola para o Chile na quarta-feira, o que acabou com a esperança da Espanha ganhar a Copa do Mundo pela segunda vez.

"Nós temos um ótimo país. Devemos ter orgulho de sermos espanhóis", disse Felipe na cerimônia. Ele também reconheceu que é preciso restaurar a imagem da monarquia depois de uma série de escândalos.

"Quero transmitir minha solidariedade a todos os cidadãos que foram duramente atingidos pela crise econômica até se sentirem feridos em sua dignidade como pessoas. Temos com eles o dever moral de trabalhar para reverter essa situação e o dever cidadão de oferecer proteção às pessoas e às famílias mais vulneráveis", disse.

Felipe VI terminou seu discurso dizendo "obrigado" em três línguas regionais? catalão, basco e galício. Nessas regiões, existe uma vontade forte de se tornar independente da Espanha.

(Com AP e El Huffington Post)