NOTÍCIAS
18/06/2014 09:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:45 -02

Prostituição continua em meio à Copa em Fortaleza, diz jornal

Robson Fernandjes/Estadão Conteúdo

"Faço programa desde os 12. É muito ruim no começo, mas depois você acostuma. E ninguém passa fome". A frase é da travesti Chiara, de 20 anos, e foi dada ao jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (18).

Segundo a reportagem, apesar da polícia e das autoridades locais terem lançado um plano conjunto para atuar contra a prostituição na capital cearense, nas ruas ainda é possível encontrar oferta e procura por serviços sexuais.

LEIA TAMBÉM

- Acompanhe as últimas da Copa do Mundo no Brasil

"(É) mais barato que o ingresso para a Copa", completa Chiara, que garante que o movimento aumentou com o início do Mundial. O jornal ainda registrou a presença de garotas de programa em plena Fan Fest da Fifa, durante o jogo entre Brasil e México.

Leia a matéria completa na Folha de S. Paulo