NOTÍCIAS
27/05/2014 15:18 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Hackers atacam sistema de e-mails do Itamaraty e podem ter acessado dados sigilosos

Thinkstock

O Itamaraty está sofrendo um ataque de hackers desde o último dia 19 de maio. Desde segunda-feira (26), o sistema de e-mails e de leitura de documentos do ministério e dos postos diplomáticos no exterior está fora do ar, passando por uma manutenção geral para evitar novos acessos indevidos, e deve voltar o normal ainda nesta terça-feira (27).

De acordo com o Itamaraty, hackers usaram o esquema chamado phishing, em que e-mails aparentemente de pessoas conhecidas são enviadas para colegas e incluem um link malicioso. Ao abrir o link, servidores instalam no sistema, sem querer, os chamados cavalos de troia, que recolhem informações sigilosas dos usuários, como senhas e números de documentos.

O ataque teria contaminado os e-mails de um número ainda indeterminado de servidores, permitindo o acesso a informações pessoais, e também chegado ao chamado Intradocs, um sistema interno de leitura de telegramas diplomáticos usado pelos diplomatas. Não teria, no entanto, alcançado o sistema de comunicação sigiloso entre as embaixadas e postos no exterior e o ministério em Brasília.

O Itamaraty não confirma se chegou a haver vazamento de documentos sigilosos - o que seria possível através do acesso ao Intradocs, onde se pode criar um arquivo de leitura e gravar no próprio computador. Ainda não se tem informações do objetivo ou dos responsáveis pelos ataques. Uma investigação foi aberta pelo Gabinete de Segurança Institucional, responsável pela segurança de informações do governo, e pela Polícia Federal.