NOTÍCIAS
22/05/2014 16:41 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Segundo IBPT, brasileiro trabalhou 151 dias para pagar impostos em 2014

ruimc77/Flickr

Parabéns! Em maio você quita todos os seus impostos (ok, pelo menos já deveria tê-lo feito, ou tem o dinheiro para isso).

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação a chamada "alforria tributária" em 2014, ou seja, quando o brasileiro terá quitado os pagamentos de impostos, taxas e contribuições aos cofres públicos acontecerá no dia 31 de maio, após 151 dias de trabalho. A data chega um dia mais tarde do que em 2012 e 2013, quando o brasileiro destinou 150 dias de trabalho para ficar em dia com os Fiscos federal, estaduais e municipais.

De acordo com o presidente-executivo do IBPT, João Eloi Olenike, “o brasileiro deverá destinar 41,37% do seu rendimento bruto para pagar os tributos, percentual que no ano passado ficou em 41,10%”.

O executivo ressalta que a quantidade de dias trabalhados no Brasil se aproxima da Noruega, país em que o cidadão destina 154 dias de trabalho, mas obtém qualidade de vida superior. “Se incluirmos os gastos em saúde, educação e outros serviços particulares, o brasileiro destinará uma parcela ainda maior de seus rendimentos para compensar a ineficiência do governo.”

Para fazer o levantamento, o Instituto considerou tributos incidentes sobre salários e honorários, tais como Imposto de Renda e contribuições previdenciárias; os tributos embutidos nos produtos e serviços, como PIS, COFINS, ICMS, IPI, ISS e também sobre o patrimônio, entre os quais se incluem IPTU, IPVA, ITCMD, ITBI e ITR. As taxas de limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos, bem como as contribuições, como no caso da iluminação pública, também entraram no cálculo.