NOTÍCIAS
11/05/2014 18:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Inauguração do Terminal 3 em Guarulhos tem bagagens atrasadas, falta água, sinal de celular... mas pode melhorar até setembro (VÍDEO)

Inaugurado na madrugada deste domingo (12), o novo terminal é um quase um aeroporto sozinho. Mais moderno e maior que os outros três existentes juntos (1, 2 e 4), o terminal 3 tem 192mil m² e vem desafogar o alto tráfego de passageiros internacionais que o Brasil tem recebido nos últimos anos. Só em 2013 foram 36 milhões, número 50% maior que a capacidade anterior e que deve crescer ainda mais.

"O principal benefício é conforto", conta o entrevistado da reportagem em vídeo transmitida pela BAND. O novo terminal tem restaurantes para todas as classes, preços mais competitivos e ainda um mini-shopping center com lojas sem impostos e muitos eletrônicos, inclusive o iPhone que deve ficar 47% mais barato no freeshop.

No entanto, o terminal 3 de Cumbica, como é popularmente conhecido o aeroporto, só estará completamente funcional em setembro, mês em que está previsto para operar 80% dos voos internacionais do país. É o que informa o UOL.

Uma das principais novidades do terminal ainda não está 100%. O Estadão reporta que os terminais automáticos ainda não funcionam: o despacho de bagagem automático (self bag drop), o portão de controle de passaportes brasileiros (e-gates) e o sistema de distribuição de bagagens serão implementados no decorrer do ano, disse ao jornal a GRU Airport, concessionária que gerencia as operações do local.

Veja na galeria como ficaram as instalações

Novo terminal 3 em Cumbica

O primeiro voo a pousar no 3 veio de Frankfurt, na Alemanha. Os passageiros tiverem problemas para receber as malas, que demoraram até pouco mais de uma hora para chegar, segundo a reportagem da Folha. A concessionária do terminal informou que o transporte entre o avião e as esteiras funcionava normalmente, e a apuração do jornal aponta que o atraso ocorreu graças a uma empresa terceirizada: "Chamado de ground handling, esse serviço é de responsabilidade das companhias aéreas, não do aeroporto", fala a reportagem.

Já o G1 apontou goteiras, falta de água nos banheiros, ausência de sinalização e de sinal de celular como os principais problemas da inauguração. Segundo a reportagem, não havia placas na garagem, e os passageiros também ficaram confusos sobre a localização de banheiros no embarque e no desembarque. "Goteiras estão espalhadas pelo novo terminal e cones foram colocados no chão para indicar que o piso estava molhado", complementa o texto. Ligações para celulares Vivo não estava rolando, e a operadora deve resolver o problemas nos próximos dias.