NOTÍCIAS
08/05/2014 10:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Em julgamento no STJD, Portuguesa escapa de cair para a Série C

Fábio Motta

A Portuguesa escapou, nesta quarta-feira (7), de ser punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro por conta do abandono de campo na partida contra o Joinville, realizada no dia 18 de abril. Punida de forma mais branda, a Lusa foi condenada a pagar multa de R$ 50 mil – o placar da partida foi convertido em 3 a 0 para o clube catarinense, por W.O.

Ilídio Lico, presidente da Portuguesa, foi suspenso por 240 dias e recebeu multa de R$ 100 mil. Seu filho, Marcos Lico, também foi suspenso pela mesma quantidade de dias, recebendo uma multa menor, de R$ 80 mil. O treinador Argel Fucks, por sua vez, ficará quatro jogos sem poder comandar sua equipe no banco de reservas.

A defesa da Portuguesa sustentou que “não houve simulação, não houve fraude, nada foi combinado”. Para o advogado do clube, José Luiz Ferreira de Almeida, “o que houve foi descumprimento de liminar por parte da CBF”. De nada valeu, porém, a argumentação: a sentença de punição foi definida por 5 votos a 0 - ainda cabe recurso por parte da Lusa.