NOTÍCIAS
27/04/2014 17:09 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Sarney será oposição em eventual governo, diz Campos

Bloomberg via Getty Images
Eduardo Campos, presidential candidate and former governor of the state of Pernambuco, speaks during an interview in Sao Paulo, Brazil, on Thursday, April, 17, 2014. Campos said he would grant the central bank full autonomy and reduce intervention in the economy to shore up confidence and fight inflation. Photographer: Paulo Fridman/Bloomberg via Getty Images

Em evento na cidade de Timon, no Maranhão, na noite do último sábado (26), o ex-governador de Pernambuco e pré-candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos, afirmou que o senador José Sarney (PMDB) ficará no campo da oposição em seu eventual governo. Ele publicou a declaração realizada no evento em sua conta no microblog Twitter: "O senador Sarney terá meu respeito, mas no meu governo ele será oposição durante os quatro anos".

Internautas comentaram a postagem do político na rede social e, na manhã deste domingo, o ex-governador complementou: "A disputa política séria exige o respeito pessoal, para que prevaleça o interesse do povo".

Críticas

Também no Twitter, uma publicação realizada por Campos ontem gerou polêmica. O pré-candidato agradeceu aos que citam seu nome na rede social. "Especialmente aos que me criticam, pois me divulgam para seus seguidores. Obrigado mesmo!". A postagem gerou mais críticas dos internautas. "Poder dialogar com quem pensa diferente é muito bom", retrucou o ex-governador.