NOTÍCIAS
22/04/2014 16:23 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Carlos Miguel Aidar fala sobre Kaká e provoca corintianos: "Tem a cara do São Paulo, alfabetizado, tem todos os dentes na boca"

AP

O novo presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, deu mais uma declaração polêmica nesta segunda-feira (21). Depois de ter afirmado que o Itaquerão ficava “em outro mundo” e que não iria “funcionar”, por ficar localizado em um bairro distante da Zona Leste, sendo prontamente rebatido por Andrés Sanchez, o cartola saiu-se com mais uma afirmação infeliz ao falar da possibilidade de o time do Morumbi contratar o meia Kaká, atualmente no Milan.

"Gostaria muito de ter Kaká de volta. Tem a cara do São Paulo, alfabetizado, tem todos os dentes na boca, fala bem, joga bem, faz gols, mas não tem como competir com os árabes e os chineses. Se der pra trazer, esse é um jogador que cai feito uma luva no São Paulo", disse Aidar á Rádio Bandeirantes.

O cartola, de forma nada profissional, reproduziu um antigo preconceito, propagado pelos torcedores rivais ao Corinthians, de que os adeptos do clube do Parque São Jorge seriam “favelados”, “desdentados” e “analfabetos”, entre outras ofensas que fazem referência à origem proletária e das baixas camadas sociais do clube.

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, na primeira ocasião em que viu seu clube ser menosprezado pelo rival, afirmou: “Há muitos preconceituosos no Brasil, mas declarados, como ele (Aidar), é difícil encontrar. Ele é racista".