NOTÍCIAS
15/04/2014 09:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:23 -02

Berlusconi é condenado a um ano de serviços comunitários em um asilo

ASSOCIATED PRESS
FOR USE AS DESIRED, YEAR END PHOTOS - FILE - People of Freedom party leader Silvio Berlusconi rubs his eyes after delivering his speech at the Senate, in Rome, Wednesday, Oct. 2, 2013. Berlusconi acknowledged defeat Wednesday and announced he would support the government of Premier Enrico Letta, a stunning about-face on the Senate floor after defections in his party robbed him of the support he needed to bring down the government. It was a major setback for Berlusconi, who had demanded his five Cabinet ministers quit the government and bring it down, incensed at a vote planned Friday that could strip him of his Senate seat following his tax fraud conviction and four-year prison sentence. (AP Photo/Gregorio Borgia, File)

Um tribunal italiano condenou o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi a cumprir um ano de serviço comunitário como pena por crime de evasão fiscal.

Berlusconi deve cumprir ao menos quatro horas por semana em um asilo para idosos a fim de reparar a sociedade italiana por seu esquema de fraude fiscal. O caso resultou na primeira condenação confirmada contra o ex-premiê na Suprema Corte da Itália.

A pena de uma ano, anunciada por uma corte em Milão nesta terça-feira, impede Berlusconi de participar da próxima campanha eleitoral. Berlusconi, 77 anos, que foi primeiro-ministro por três vezes, está impedido de concorrer, mas continua sendo uma força política como líder do partido Forza Italia.

Inicialmente, Berlusconi foi condenado a quatro anos por fraude fiscal, mas ele foi "anistiado" e terminou com uma pena de apenas um ano. O serviço comunitário pode ser reduzido ainda em 45 dias. A corte não especificou que tipo de serviço o ex-premiê desempenhará.

(Com Reuters e AP)