NOTÍCIAS
09/04/2014 20:26 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:23 -02

Eduardo Campos e Marina Silva veem "uso político" após ataques a perfis no Twitter

GUGA MATOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Ninguém duvida que as redes sociais terão peso nestas próximas eleições no Brasil. Uma prova foi dada por um dos candidatos ao Palácio do Planalto nesta terça-feira (9).

O ex-governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), partiu para o ataque após o seu perfil no Twitter ter sido alvo de ataques por perfis falsos.

LEIA TAMBÉM

Campos e Marina atacam Dilma e se colocam como opção para mudança nas eleições de outubro

De acordo com ele, o perfil da candidata à vice na chapa, a ex-senadora Marina Silva, também passou pelo mesmo problema.

Campos não falou em nomes, mas acusou o que chamou de “membros da velha política” pelos ataques. O ex-governador disse ainda que a sua equipe já entrou em contato com o Twitter para abordar o ocorrido.

A campanha eleitoral nem começou, pelo menos de maneira oficial. Mas o prenúncio promete um cenário bastante acirrado até outubro.